Breaking News

Livro conta a história de famoso terreiro de candomblé nagô do Brasil

Publicação, que será lançada em breve no Rio, é testemunho de Gersonice Azevedo Brandão, a Equede Sinha

URL FIXA:

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Baixar áudio

Livro mostra importância, respeito e reconhecimento que o cargo de equede tem dentro do candomblé Dadá Jaques/Editora Barabô
Livro mostra importância, respeito e reconhecimento que o cargo de equede tem dentro do candomblé Dadá Jaques/Editora Barabô

O Ecos da Terra – Gênero e Sustentabilidade da terça-feira (5) homenageia o terreiro mais famoso de candomblé nagô do Brasil, o Terreiro Casa Branca, na Bahia. No livro “Equede – A Mãe de Todos” somos apresentados a história de vida da mãe Sinha. Um testemunho de Gersonice Azevedo Brandão, a Equede Sinha, que como diz o título da obra é “a mãe de todos e todas” na casa.

“Eu acredito que a gente é escolhido para ser mãe dos filhos que a gente inicia. E a partir do momento que você é escolhida por um orixá para o cargo de equede, você é equede em qualquer lugar que você chega. O orixá da equede também escolhe a sua mãe. Existe uma hierarquia e é preciso respeitar o mais velho”, explica a mãe de santo.

Sobre o respeito e a importância ao candomblé, Mãe Sinha destaca os direitos e deveres da religião às prévias do lançamento do livro “Equede – A Mãe de Todos” no RJ – ainda sem data definida. “Nossa religião é cuidar da natureza e do meio ambiente. Eu costumo dizer que nós somos os primeiros ambientalistas do mundo pois essa é nossa função dentro do terreiro. Mas já sofremos muito preconceito sim”.

Fica a dica para uma leitura que ensina um pouco da cultura afro-brasileira e muito da história do país. Clique no player acima para ouvir a entrevista completa.
O Ecos da Terra – Gênero e Sustentabilidade vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 10h às 11h, na Rádio MEC AM do Rio de Janeiro – 800 kHz com apresentação de Denise Viola. Participe do programa ao vivo pelo telefone (21) 2117-6922 ou mande mensagem através do Whatsapp (21) 99864-0238.
Produtor

Jose Freitas, Simone Magalhães, Jéssica Ferreira e Denise Viola

 

Extraído do site da EBC Rádios / Brasília – DF
http://radios.ebc.com.br/ecos-da-terra-genero-e-sustentabilidade/edicao/2016-07/livro-conta-historia-do-mais-famoso-terreiro

 

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *