Breaking News

Macumba é encontrada na portaria da Globo: tinha brinco, esmalte e champanhe

Quem será a responsável por deixar uma macumba na portaria da Rede Globo, no Rio de Janeiro?

 

Por: Russel 19/08/2017 – 14:28/ Editado em 19/08/2017 – 14:43

Reprodução/G1/Montagem

 

Muita gente deseja o pior para a Globo e na portaria da emissora deixaram até uma macumba caprichada, sendo que pelo visto, foi feita por uma mulher ou para uma mulher, pois tinha esmalte, brinco e também maquiagem. Um champanhe também foi encontrado.

De acordo com o jornalista Léo Dias, a macumba foi deixada na portaria da emissora nesta última quarta-feira (16) e os funcionários que chegaram para trabalhar tiveram um baita susto. Junto com o trabalho, ainda foi deixado um prato e muitas rosas vermelhas.

O problema foi arrumar um corajoso para tirar tudo de lá. A equipe de limpeza foi convocada e fizeram o trabalho difícil. Nos bastidores, o medo tomou conta de todos, principalmente das famosas.

A presença de brincos, maquiagem e as rosas vermelhas logo despertou a suspeita de que algumas das celebridades estaria na mira, mas depois alguns deduziram que pode ser alguma ex-famosa, que já passou pela Rede Globo e com raiva de não ser mais convocada para nenhum trabalho, fez a macumba.

 

 

Extraído do site de notícias TV1News
http://www.1news.com.br/noticia/30054/televisao/macumba-e-encontrada-na-portaria-da-globo-tinha-brinco-esmalte-e-champanhe-19082017?utm_source=pushnews&utm_medium=pushnotification-fb

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *