Breaking News

Mãe de santo alagoana se envolve em polêmica após foto com filha de ator

‘Ele não avisou’, diz ex de Henri Castelli sobre foto da filha com mãe de santo

12/05/2015 07:54

 

11174893_659953930805945_3760210527320738709_n (1)Um post do ator Henri Castelli no Instagram neste domingo, 10, causou polêmica nas redes sociais. Nele, o ator publicou  uma foto da filha de 1 ano vestida com roupa de baiana e um colar no pescoço no colo da Mãe Neide Oyá D´Oxum, fundadora e dirigente do Grupo União Espírita Santa Bárbara (Guesb) em Maceió, no Alagoas.

Na imagem, Henri escreveu: “Muita energia boa e muito amor no coração com sua vovó preta , como ela mesma chama a ‘netinha ‘ meu copinho de leite. Eu que infelizmente não tive a alegria nessa vida de ter um vovó viva , ela ainda tem uma a mais de alma”.

A mãe da menina, a assessora de imprensa Juliana Despírito, não gostou da postagem do marido com a filha e escreveu na sua página da rede social: “Minha filha foi presente de Deus… Ela não pertence a nenhum outro espírito que não seja o Espírito Santo de Deus! Ao invés de falar de amor e bondade, seja de  verdade! Pare de fingir o que você não é! Não adianta ser bonito for fora quando é escuridão por dentro! Eu sou mãe e sou eu que cuido!”

Procurada pelo EGO nesta segunda-feira, 11, Juliana justificou o que a levou a ficar irritada, mesmo sabendo que a religião do ex-marido é a umbanda. “O que me revoltou foi não saber que ele levaria minha filha ao terreiro da mãe de santo”, disse ela. “Fui surpreendida nas redes sociais com a foto da minha filha vestida de roupa de baiana e guia no pescoço. Não fui comunicada de nada! Sempre soube que ele era da umbanda e respeitei. No dia que nossa filha nasceu Henri já sabia o nome e a data que ela viria ao mundo. Na maternidade ele montou um altar com seus guias no quarto e eu do outro lado estava a minha bíblia. Sempre respeitei a sua religião e não tenho preconceito. Tanto que sou evangélica e a madrinha da minha filha é kardecista. O que me irritou foi ele não ter me avisado que iria levá-la ao encontro da mãe de santo e fazê-la posar com aquela roupa. Acho que ele fez isso de propósito. A religião é muito importante para a formação do ser humano e por se tratar de uma criança, precisa ser discutida entre pai e mãe. Ele não poderia ter tido essa atitude sem me consultar, pois eu o consulto para tudo, até para passeios e idas ao médico”, disse Juliana.

A assessoria de imprensa de Henri Castelli disse que o ator não irá se manifestar. “Ele não vai falar sobre isso para preservar a filha.”

A representante  da Mãe Neide Oyá D´Oxum, Claudia Puentes, informou que a religiosa ficou muito abalada com a repercussão negativa da postagem e que já se manifestou nas redes sociais. No Instagram, Mãe Neide escreveu: “O tempo do cativeiro JÁ FOI (sic). Hoje não precisamos mais nos esconder. E além disso, temos LEIS que olham por nós. Estamos amparados pela legislação brasileira e aqueles que nos insultam, ofendem e difamam podem responder em juízo. Estamos em um país laico. Os menos avisados podem verificar a Constituição Brasileira – Artigos 215 e 216, bem como o Estatuto da Igualdade Racial – Cap. III, Artigos 23 e 24. (Disponível em: www.planalto.gov.com). Para nós, maior do que DEUS, NINGUÉM. Nossa religião, a umbanda traçada com Nagô, cultua os Orixás africanos e entidades iluminadas. Infelizmente, a energia negativa dos seres humanos acaba encharcando o cotidiano de maldade e do preconceito de todo um passado (e presente) de repressão. Continuamos sempre com muita fé e amor no coração. Que Oxalá abençoe a todos. Axé! Mãe Neide Oyá D’Oxum.”

11194532_659953844139287_1670020621988081500_oClaudia Puentes, que também é presidente do Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial de Alagoas, disse que a comunidade negra se sentiu agredida com as declarações da ex-mulher de Henri Castelli e se reunirá para decidir se irá processá-la. “Ela cometeu um crime ao discriminar contra a religião de uma pessoa. A comunidade negra está repudiando sua declaração. Ela não deveria ter se manifestado em rede social pelo o que não agradou, deveria ter conversado apenas com seu ex-marido. Mãe Neide é uma pessoa séria, um patrimônio vivo do Estado do Alagoas. Todos os famosos que vêm a Alagoas a  visitam tanto que a madrinha de seu terreiro é a atriz Chica Xavier.”

Mãe Neide esteve presente na festa que promoveu o lançamento da novela na qual Henri Castelli integra o elenco,  ’I Love Paraisópolis’, na quarta-feira, 28, em São Paulo. Na ocasião, a atriz Letícia Spiller, que também está na trama como Soraya, mulher de Gabo (Henri), posou ao lado da espírita.

 

 

Fonte: EGO

 

Extraído do site Alagoas 24hs / Maceió – AL
http://www.alagoas24horas.com.br/891909/mae-de-santo-alagoana-se-envolve-em-polemica-apos-foto-com-filha-de-ator/

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *