Breaking News

Mãe, padrasto e pai de santo são suspeitos de matar menino de 5 anos

Segundo informações da polícia, o corpo de Éverton Siqueira da Silva foi encontrado, na última terça-feira, em um matagal da cidade

DR
DR

JUSTIÇA RITUAL RELIGIOSO14:43 – 16/10/15POR NOTÍCIAS AO MINUTO

Suspeito de participar da morte de um menino durante um ritual religioso na cidade de Sumé, no Cariri paraíba, Edinho, juntamente com um vizinho, a mãe e o padrasto da vítima, teriam tirado a vida de um menino de 5 anos.

PUB

Segundo informações da polícia, o corpo de Éverton Siqueira da Silva foi encontrado, na última terça-feira, em um matagal da cidade.

“Esse pai de santo é o responsável por ter feitos as laceração no corpo da vítima”, disse o delegado responsável pelo caso. O pai de santo está sendo ouvido, nesse momento, na delegacia de Sumé.

Segundo informações do Extra, uma vizinha da vítima corroborou a principal linha investigativa da polícia.

“Ela nos contou que foi o padrasto do menino que arquitetou a morte. Ele é frequentador de um terreiro e pressionou a companheira a entregar a si mesma ou o filho para sacríficio. A mulher concordou em entregar o menino”, disse Paulo Ênio Rabelo, titular da delegacia. De acordo com o delegado, o vizinho – marido da testemunha – aceitou participar do ritual religioso porque era amigo do padrasto de Éverton e tinha desavenças com a mãe do menino. A testemunha não está presa.

 

Extraído do site de notícias português Notícias ao Minuto
http://www.noticiasaominuto.com.br/justica/147752/mae-padrasto-e-pai-de-santo-sao-suspeitos-de-matar-menino-de-5-anos

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *