Breaking News

Mãe Stella é internada em Salvador

Segundo fontes ligadas à ialorixá, decisão de ir até o hospital se deu por questões relacionadas à idade, mas Mãe Stella está consciente e conversando.

 

 

Por Do G1 BA

27/10/2017 12h50  Atualizado 27/10/2017 17h27

Mãe Stella de Oxóssi é internada em hospital após ter dor de cabeça e mal estar

A ialorixá baiana Maria Stella de Azevedo Santos, conhecida como Mãe Stella de Oxóssi, 92 anos, foi internada na manhã desta sexta-feira (27), no Hospital da Bahia, em Salvador.

Por meio de nota, a assessoria do Hospital da Bahia informou que Mãe Stella foi internada na UTI Cardíaca da unidade de saúde para avaliação médica especializada, controle de sintomas e realização de exames complementares para diagnóstico do quadro clínico neurológico, após dar entrada no hospital com mal estar, seguido de intensa dor de cabeça e desorientação.

Ainda segundo a nota Mãe Stella está consciente e conversando, mas não há previsão de alta.

A religiosa comanda o terreiro Ilê Axé Opô Afonjá, em Salvador, e é uma das mais importantes mães de santo do país. No mês passado, lançou um canal no YouTube, onde faz vídeos com ensinamentos e referências da cultura iorubá, memórias, depoimentos e textos sobre a sua vida.

Autora de 10 livros, sendo o último lançado no mesmo dia em que colocou o canal no YouTube no ar, Mãe Stella foi a primeira mãe de santo a escrever sobre religião.

Defensora dos Direitos Humanos e referência no combate ao racismo e à intolerância religiosa, foi a primeira ialorixá a receber o título de “imortal” pela Academia de Letras da Bahia (ALB), onde ocupa a cadeira de número 33, que tem como patrono o poeta Castro Alves. É uma das maiores referências vivas do estudo da herança cultural africana no Brasil.

Ela recebeu também o título de Doutora Honoris Causa, maior honraria concedida pela Universidade Federal da Bahia (UFBA).

 

Extraído do portal de notícias G1 / Bahia
https://g1.globo.com/bahia/noticia/mae-stella-e-internada-em-salvador.ghtml

Mãe Stella lançou aplicativo e canal no YouTube (Foto: Alan Tiago Alves)

 

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *