Breaking News

Mais um salão de Umbanda é atacado em Teresina

Já são pelo menos quatro casos – 12/07/2017 às 18h00

 

 

Mais um salão de Umbanda foi atacado em Teresina e o último caso foi registrado no bairro Renascença, Zona Sudeste de Teresina, na noite desta terça-feira (11/07), no Templo de Umbanda Nossa Senhora da Conceição e Caboclo Sete Flechas.

Segundo o pai de santo e babalorixá Luiz de Ogum, ao chegar em sua residência, ele percebeu alguém nas proximidades e quando foi deitar escutou barulho de coisas quebrando.

Ele chamou sua mãe, que abriu o salão e viu imagens quebradas, vidros e objetos bagunçados no salão, além do cachorro da família amarrado pelos pés com faixas brancas.

O ataque é mais um de uma série que vem acontecendo em Teresina nas ultimas semanas, onde pelo menos quatro terreiros também foram alvos de vandalismo.

Nesta terça-feira um evento foi realizado no Parque Lagoas do Norte para lançar a campanha de conscientização contra a intolerância religiosa.

VEJA TAMBÉM:
Templo de Umbanda é depredado e mãe de santo denuncia intolerância

 

Ronda 180 – Redação

 

 

Extraído do blog 180 graus / Teresina – PI
http://180graus.com/ronda-180/mais-um-salao-de-umbanda-e-atacado-em-teresina

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *