Breaking News

Mostra expõe vestimentas de orixás mais conhecidos em Angra dos Reis

Exposição fica aberta até 3 de dezembro, na Casa Larangeiras.
Trabalhos são do artista plástico e carnavalesco Sidiney Rocha.

Do G1 Sul do Rio e Costa Verde | 10/11/2015 15h50 – Atualizado em 10/11/2015 15h50

 

 

Exposição retrata vestimentas dos orixás mais conhecidos nas religiões de matrizes africanas (Foto: Divulgação
Exposição retrata vestimentas dos orixás mais conhecidos nas religiões de matrizes africanas (Foto: Divulgação)

 

A cultura afro-brasileira é o tema de uma exposição que ficará aberta a visitas a partir de quarta-feira (11), na Casa Larangeiras, em Angra dos Reis, RJ. A mostra “Agbara Orixás” explora vestimentas dos 15 orixás mais conhecidos e reverenciados nas religiões de matrizes africanas.

Cultura afro-brasileira é tema de mostra em Angra dos Reis (Foto: Divulgação)
Cultura afro-brasileira é tema de mostra em Angra
dos Reis (Foto: Divulgação)

São eles Exu, Iemanjá, Xangô, Oyá, Oxum, Obá, Ogum, Oxóssi, Obaluaê, Nanã, Oxumarê, Ossaim, Logum Edé, Ewa e Oxalá. Os trabalhos são do artista plástico Sidiney Rocha, que já atuou como carnavalesco em importantes escolas de samba, como a Viradouro.

“A aproximação com os orixás por meio da arte simboliza, para mim, o reencontro com um universo presente na minha infância, em Realengo, Zona Oeste do Rio de Janeiro, local que abriga tradicionais terreiros de candomblé e casas de umbanda” contou Sidiney.

A exposição é aberta a todo o público e tem entrada gratuita. Ela vai até o dia 3 de dezembro. A Casa Larangeiras fica aberta de segunda à sexta-feira, das 9h30 às 18h, e sábado e domingo das 10h às 17h.

Serviço
O quê: Exposição “Agbara Orixás”
Quando: até 26 (domingo); visitas de segunda às sextas, das 9h30 às 18h e sábado e domingo, das 10h às 17h
Quanto: entrada de graça
Quem pode: classificação livre
Onde: Casa Larangeiras fica na Praça Zumbi dos Palmares, s/nº, no Centro

 

Extraído do portal de notícias G1 / Sul do Rio e Costa Verde – RJ
http://g1.globo.com/rj/sul-do-rio-costa-verde/noticia/2015/11/mostra-expoe-vestimentas-de-orixas-mais-conhecidos-em-angra-dos-reis.html

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *