Breaking News

MPF investiga denúncia contra Assembleia de Deus, no Conde-PB

16 de Junho de 2016

 

20160616083405O Ministério Público Federal (MPF) vai investigar denúncia de que a Igreja Assembleia de Deus, em Jacumã, na cidade de Conde, Paraíba, estaria promovendo treinamento paramilitar de jovens de diferentes faixas etárias e que policiais militares do Estado da Paraíba seriam os instrutores.

De acordo com a denúncia, os treinamentos ocorrem em diferentes dias da semana e seguem um rito, como a colocação dos jovens em fila, exigindo-se a prestação de continência, o levantamento dos braços no estilo nazista e respostas às instruções de treinador, que é tratado como “Xerife”. Além disso, o treinamento inclui marchas pelas ruas e corridas, com gritos e jargões militares, gerando uma insegurança e ameaça psicológica nos moradores da cidade.

A 1ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF entendeu que a investigação deveria ficar a cargo do Ministério Público Estadual. No entanto, o Subprocurador-geral da República Eitel Santiago, deu parecer contra a proposta de declínio de atribuição para o MPPB.

ESCLARECIMENTO:

COORDENADOR DO EXÉRCITO DE CRISTO DA ASSEMBLEIA DE DEUS EM JACUMÃ DIZ QUE DENÚNCIA AO MPF É ORIUNDA DE INTOLERÂNCIA RELIGIOSA.

A denúncia divulgada por um site paraibano dava conta de que o Ministério Público Federal – MPF- abriria inquérito para investigar um possível treinamento de guerrilha que estaria sendo dada aos jovens da Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Jacumã, Conde-PB. No entanto as informações passadas ao MPF e divulgadas em sites destoam da realidade.

Para o coordenador do Projeto, o corretor de imóveis Eudes Santiago, se trata de uma brutal e desumana intolerância religiosa. “Nossa igreja é perseguida através de denúncias inconsistentes a diversos órgãos fiscalizadores. Cada fiscalização recebida comprova o caráter mentiroso das denúncias, ainda assim as denúncias continuam sendo feitas na tentativa de que a igreja seja prejudicada”. Afirma Eudes. “Várias autoridades nos sugeriram a abertura de um processo contra os autores de tais denúncias, uma vez que se trata das mesmas pessoas e que o interesse em prejudicar a igreja está mais que claro, no entanto somos uma Igreja, aprendemos a abençoar até mesmo os que nos amaldiçoam”. Conclui.

O ECAD vem se destacando na comunidade de Jacumã e região por atuar, de forma complementar, na formação moral, escolar, familiar, espiritual, entre outros, de adolescentes e jovens através de atividades gratuitas.

Implantado em Jacumã há pouco mais de 1 ano o programa já atendeu a, aproximadamente, 140 famílias em sua região de atuação, e já tem uma extensão no município de Caaporã onde atendeu a mais 70 famílias, e é desenvolvido por profissionais de diversos ramos. A equipe é formada por enfermeiras, corretor de imóveis, educador físico, policial militar, gerente de TI, soldados e cabo do Exército Brasileiro, socorrista, administradora, fotógrafo, pedreiro e até donas de casa, todos voluntários. O objetivo é desafiador, manter os jovens da comunidade longe de entorpecentes, crimes e prostituição infantil no momento de maior vulnerabilidade que se dá entre os 10 e os 18 anos de idade.

O ingresso no programa se dá através do CFSd – Curso de Formação de Soldado do ECAD – com duração de 8 meses. Nesse intervalo os alunos recebem instruções de ordem unida militar, primeiros socorros, treinamento físico, orientação espiritual, além de instruções específicas trazidas por profissionais e líderes eclesiásticos. Durante a permanência no programa o jovem pode ascender a postos criados para dinamizar o projeto e estimular o desenvolvimento individual. Essas ascensões são feitas por concurso interno e até por mérito passando por cursos específicos para estes postos onde se ensina, entre outras matérias, liderança.

O reconhecimento não vem somente dos pais, que percebem mais rapidamente a mudança de comportamento de seus filhos, mas de professores e diretores, e profissionais militares, chegando a ser homenageado recentemente em um encontro da UME – União dos Militares Evangélicos da Paraíba, além de ter sido a Guarda de Honra da Corrida de Tiradentes em abril desse ano.

O ECAD – Exército de Cristo da Assembleia de Deus – é um projeto idealizado pela Assembleia de Deus em Guarabira há 13 anos, foi implantado em Jacumã onde é supervisionado diretamente pelo Pr. Luiz Derço Santiago, líder da Assembleia de Deus em Jacumã.

As informações são do Blog Lana Caprina

Acessem o facebook do ECAD Jacumã 

 

 

Extraído do site do Jornal PB Agora / João Pessoa – PB
http://www.pbagora.com.br/conteudo.php?id=20160616083405&cat=policial&keys=mpf-investiga-denuncia-contra-assembleia-deus-condepb

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *