Breaking News

Mulher Borboleta 

unnamed

Mulher borboleta, pequenina e voraz
Tem um vôo que seduz, uma beleza que satisfaz…
Mulher búfalo, grande e guerreira
Tem uma rasteira de um vento, e a brisa que o vento trás
Possuidora de uma leveza que conduz, 
da uma força que induz, 
da guerra que seduz
Sua fragilidade lhe traduz uma mulher que reluz!
Sua Garra lhe traz a tempestade de um guerreira de luz
Precisa de fogo, precisa de amor
Que o coração dispare, 
Não a prenda Oya, traga flores para que venha
Ela não é para qualquer um
Ela é da natureza
Ela e das mulheres Guerreiras 
Ela é dela!
Ela é ela
Ela e Oya
Sopre-a no vento que ela vai como uma bela borboleta
Mas espere…
Pois ela volta!
E volta como a força que o búfalo trás
Eparreiii Oya
Chaparral D´Ogun

Att,

Ubiracy Santos
 
         

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

1 Comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *