Breaking News

Multidão lota praia de Copacabana para renovar pedidos a Iemanjá

Grupo se reuniu em Madureira e partiu em carreata pela cidade do RJ. 
Ritual de fé é tradição de mais de uma década.

Paulo Renato SoaresRio de Janeiro, RJ

Edição do dia 30/12/2015

30/12/2015 06h11 – Atualizado em 30/12/2015 06h11

 

 

Uma multidão foi à praia de Copacabana para renovar os pedidos a Iemanjá na terça-feira (29). O grupo se reuniu em Madureira e partiu em carreata pela cidade.

http://www.televideoteca.com.br/out/?url=http%3a%2f%2fgloboplay.globo.com%2fv%2f4706451%2f

http://www.televideoteca.com.br/out/?url=http%3a%2f%2fgloboplay.globo.com%2fv%2f4706451%2f

O ritual de fé é tradição de mais de uma década. Usar as cores de Iemanjá é uma homenagem a Rainha do Mar. Mas é a devoção que dá o tom a essa festa que se repete todo dia 29 de dezembro.

A carreata religiosa saiu no meio da tarde da terça-feira (29) de Madureira com destino ao mar. De caminhão, carros e muitos ônibus, centenas de pessoas cruzaram 15 bairros e cerca de 30 quilômetros levando a imagem até Copacabana. Na praia a recepção e a adoração de quem esperava a chegada de Iemanjá.

O ritual termina com as oferendas nos barcos, com presentes para agradecer a proteção de Iemanjá, e pedidos por sonhos e a esperança que chegam com o ano novo.

Na areia foi feita a festa de vários grupos religiosos. Uma corrente para que todos os pedidos sejam atendidos. Depois, as oferendas são lançadas ao mar, a Iemanjá.

 

Extraído do portal de notícias G1 / Hora 1
http://g1.globo.com/hora1/noticia/2015/12/multidao-lota-praia-de-copacabana-para-renovar-pedidos-iemanja.html

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *