Breaking News

Museu Afro Brasil e a Fundação Pierre Verger apresentam a exposição “As Aventuras de Pierre Verger”

A mostra que chega ao Museu Afro Brasil já foi exibida em Salvador, no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA), durante 3 meses (março a maio de 2015), com um grande sucesso de público, recebendo mais de 30.000 visitantes.

Publicada em 23/09/2015 às 13:13

 

Museu Afro Brasil, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, em parceria com a Fundação Pierre Verger, inaugura no dia 1 de outubro a exposição “As Aventuras de Pierre Verger”. A mostra foi elaborada para possibilitar, inclusive ao público infanto-juvenil, a apreciação da obra do etnólogo e babalaô, reconhecido como um dos maiores nomes da história da fotografia no mundo.

Reunindo cerca de 270 imagens registradas por Verger em diversas partes do mundo e  destacando o cruzamento da fotografia com vídeos, tecidos artesanais de diferentes países e artes sequenciais (quadrinhos), a exposição marca a finalização do projeto Memórias de Pierre Verger, patrocinado pela Petrobrás e pela Odebrecht e que, por quatro anos, encampou a tarefa de duplicar digitalmente o valoroso acervo fotográfico da Fundação e de concluir o seu acondicionamento em condições adequadas.

A mostra que chega ao Museu Afro Brasil já foi exibida em Salvador, no Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA), durante 3 meses (março a maio de 2015), com um grande sucesso de público, recebendo mais de 30.000 visitantes.

A curadoria e coordenação é de Alex Baradel, responsável pelo acervo da Fundação Pierre Verger, é uma das mais completas realizadas pela instituição criada pelo próprio fotógrafo francês na Bahia, local que escolheu para residir depois de viajar pelo mundo registrando as expressões culturais e o cotidiano de diversos povos.

Em exibição até 30 de dezembro, o público é convidado a “embarcar” numa instigante viagem que retrata as experiências vividas por Pierre Verger (Paris, 1902 — Salvador, 1996), em um século marcado pelo desbravamento de fronteiras e guerras mundiais.

Fronteiras

A exposição está dividida em nove módulos: Paris, Viagens, Polinésia, Saara, China, Peru, África, Projeto e Educativo. São cerca de 220 imagens expostas ao longo do circuito  e  outras 50 que integram os vídeos que compõem a exposição. Onze ilustrações do artista visual baiano Bruno Marcello (Bua) também acompanham a mostra, retratando ou ficcionalizando o personagem Verger em diversos episódios e  contextos vividos por ele.

A exposição se destaca também por explorar o paralelo entre a obra de Verger  e As Aventuras de Tintim, histórias em quadrinhos editadas entre 1929  e  1983, bastante populares  e que se tornaram clássicas graças ao apuro estético dos traços  e  aos roteiros bem elaborados pelo autor belga Georges Prosper Reni, mais conhecido como Hergé.

Autor: Museu Afro Brasil
Fonte: Museu Afro Brasil

 

Extraído do site do Jornal O Nortão / Porto Velho – RO
http://www.onortao.com.br/noticias/museu-afro-brasil-e-a-fundacao-pierre-verger-apresentam-a-exposicao-as-aventuras-de-pierre-verger,51721.php

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *