Breaking News

Museu Afro comemora 13 anos com entrada gratuita até 20 de novembro

Mais de 2 milhões de pessoas passaram pelo local que tem acervo que conta com diversos aspectos dos universos culturais africanos

Ter, 24/10/2017 – 15h18 | Do Portal do Governo 

 

Museu Afro Brasil tem em seu acervo uma reunião de mais de 6 mil obras

Para celebrar seus 13 anos, o Museu Afro Brasil vai presentear os visitantes com entrada gratuita a partir desta terça-feira (24) até o dia 20 de novembro. Em todos esses anos de história, mais de 2 milhões de pessoas passaram pelo local.

Localizado no Pavilhão Padre Manoel da Nóbrega, dentro do Parque Ibirapuera, o Museu conserva, em 11 mil m2 um acervo com mais de 6 mil obras, entre pinturas, esculturas, gravuras, fotografias, documentos e peças etnológicas, de autores brasileiros e estrangeiros, produzidos entre o século XVIII e os dias de hoje.

O acervo conta com diversos aspectos dos universos culturais africanos e afro-brasileiros, abordando temas como a religião, o trabalho, a arte, a escravidão, entre outros temas ao registrar a trajetória histórica e as influências africanas na construção da sociedade brasileira.

serviço

Entrada gratuita no aniversário do Museu Afro Brasil
De 24 de outubro à 20 de novembro
De terça a domingo, das 10h às 17h
Museu Afro Brasil (Avenida Pedro Álvares Cabral, Portão 10, s/nº – Parque Ibirapuera, São Paulo)
www.museuafrobrasil.org.br

 

Extraído do portal institucional do Governo do Estado de São Paulo
http://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/ultimas-noticias/museu-afro-comemora-13-anos-com-entrada-gratuita-ate-20-de-novembro/

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *