Breaking News

Nilma Lino vai acumular comando de Direitos Humanos e Mulheres

Nova pasta unirá ainda Igualdade Racial, pasta já chefiada por Nilma Lino.
Primeira negra a presidir universidade federal, ministra não é filiada a partido.

Do G1, em São Paulo e em Brasília / 02/10/2015 11h39 – Atualizado em 02/10/2015 15h27

 

 

Nilma Lino foi reitora da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira. (Foto: Divulgação/Presidência da República)
Nilma Lino foi reitora da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira. (Foto: Divulgação/Presidência da República)

Nomeada pela presidente Dilma Rousseff para ocupar o novo Ministério da Cidadania, que unirá a Secretaria de Política de Promoção da Igualdade Racial, a Secretaria de Direitos Humanos, e a Secretaria de Políticas para as Mulheres, Nilma Lino Gomes foi a primeira mulher negra a assumir a reitoria de uma universidade federal no país. A ministra, que já chefiava a pasta da Igualdade Racial, não é filiada a nenhum partido.

Em abril de 2013, Nilma foi empossada reitora da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), com sede em Redenção (CE).

Nilma é pedagoga, graduada pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), onde também fez o mestrado em educação. Ela tem doutorado em ciências sociais pela Universidade de São Paulo e pós-doutorado, em sociologia, pela Universidade de Coimbra (Portugal).

Entre 2004 e 2006, presidiu a Associação Brasileira de Pesquisadores Negros (ABPN) e desde 2010 integrou a Câmara de Educação Básica do Conselho Nacional de Educação, onde participou da comissão técnica nacional de diversidade para assuntos relacionados à educação dos afro-brasileiros.

Nilma Gomes substituiu, no início deste ano, a socióloga Luiza Helena de Bairros na Secretaria de Política de Promoção da Igualdade Racial.

 

Extraído do portal de notícias G1 / Política
http://g1.globo.com/politica/noticia/2015/10/nilma-lino-vai-acumular-comando-de-direitos-humanos-e-mulheres.html

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *