Breaking News

Nilópolis sedia evento sobre mulheres negras

 

O Seminário: Mulheres Negras, Arte e Cultura na Baixada Fluminense: Vozes, Olhares e Práticas  é uma proposta dos alunos do curso Bacharel em Produção Cultural – Tata Boeta e Fabiana Cruz – do IFRJ-Campus Nilópolis. O evento irá apresentar uma discussão do papel, do espaço conquistado e sobre as artes produzidas pelas mulheres negras, estabelecendo uma troca entre os saberes entre as convidadas e a plateia. O seminário tem o papel de fomentar a importância das artes feitas por estas mulheres de etnia negra.

O seminário terá como convidadas: Dayse Marcello (escritora e poeta), Elenira Silva (artista plástica), Jessica Castro (coreógrafa) e MC Lisa Csf (rapper) com a mediação da mesa da Ms. Doris Barros.

Teremos ainda a apresentação da Rapper MC Lisa CSF e da Jessica Castro.

Com a ideia do seminário derivou uma página no Facebook, onde pelo meio virtual irá divulgar trabalhos das artistas negras da Baixada Fluminense, divulgar evento dedicado às mulheres negras, as mulheres negras brasileiras.

 

Segue o link da página: https://www.facebook.com/MulheresNegrasArtenaBaixadaFluminense

 

 

SERVIÇO

Seminário: Mulheres Negras, Arte e Cultura na Baixada Fluminense: Vozes, Olhares e Práticas.  

Dia: 21/10/2014 – Terça-feira

Horário: 14h00 até 17h30

Endereço: Rua Lucia Tavares, 1045 – Centro Nilópolis – Auditório do IFRJ – Campus Nilópolis

Serão emitidos certificados aos participantes

Realização: IFRJ- Campus Nilópolis e Centro Acadêmico Mario Lago

Produção: Tata Boeta e Fabiana Cruz

 

Relações com a Imprensa

Tata Boeta – Tel. 21 97906-9522 / E-mail: jb.abdalla@bol.com.br

 

10626511_776524289071737_983136529409041995_n

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *