Breaking News

Niterói celebra religião

Vereador Leonardo Giordano é autor da lei que cria o Dia Municipal da Umbanda, em Niterói(Foto:Divulgação)
Vereador Leonardo Giordano é autor da lei que cria o Dia Municipal da Umbanda, em Niterói(Foto:Divulgação)

 

A Comissão de Cultura, Comunicação e Patrimônio Histórico da Câmara de Vereadores de Niterói vai celebrar na sexta-feira, a partir das 16h, o Dia Municipal da Umbanda. O evento é uma parceria com movimentos sociais que lutam pela liberdade religiosa.

De acordo com o presidente da Comissão, vereador Leonardo Giordano (PT), a ideia de realizar o evento veio após uma audiência pública da Câmara sobre a intolerância religiosa. Uma das demandas era criar uma lei municipal em relação ao Dia Nacional da Umbanda. Atualmente, o projeto de lei de nº 166/2013 foi aprovado pela Casa e está aguardando a aprovação do prefeito Rodrigo Neves (PT).

A instituição do Dia Municipal da Umbanda vem da percepção da importância do papel de Niterói na história da religião e na construção da diversidade religiosa e cultural do país. Para Leonardo Giordano, a liberdade de crença é importante em um país de pluralidade religiosa.

“A Umbanda é uma religião 100% brasileira e traduz a resistência e a identidade negra no país. Em um estado laico é importante que todas as religiões tenham espaço e sejam respeitadas. Estamos ao lado da diversidade e da pluralidade religiosa”, explicou Leonardo.
A celebração terá abertura dos atabaques que estão fortalecendo a bateria da escola de samba do Cubango. Também haverá uma homenagem aos responsáveis por terreiros umbandistas que estarão presentes no dia e ao médium Zélio Fernandino de Moraes.
A Câmara dos Vereadores fica na Avenida Ernani do Amaral Peixoto, 625, Centro.

Enviado por Sany Medeiros e Daniela Scaffo 10/11/2013 20:23:42

Extraído do Site O São Gonçalo

Link: http://www.osaogoncalo.com.br/site/pol%C3%ADtica/2013/11/12/56353/niter%C3%B3i+celebra+religi%C3%A3o+

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *