Breaking News

Núcleos de Estudos Afro-Brasileiros, Indígenas e Africanos realizam encontro

18/04/2016 16:12

Foto: Gustavo Diehl/ UFRGS
Foto: Gustavo Diehl/ UFRGS

Nos dias 19 e 20 de abril, ocorre na Faculdade de Educação da UFRGS (Faced) o primeiro Encontro de Núcleos de Estudos Afro-Brasileiros, Indígenas e Africanos do Rio Grande do Sul (NEABs/RS). O objetivo da atividade é refletir sobre a manutenção dos NEABs e sobre suas relações institucionais, servindo também à troca de experiências nos estudos das populações afro-rio-grandenses e indígenas. Serão discutidos os rumos de programas, projetos e ações de ensino, extensão e pesquisa desenvolvidos nas diversas instituições de ensino superior.

O evento, que ocorre na sala 102 Faced (Prédio 12.201, Av. Paulo Gama, 110 – Campus Centro), é promovido pelo NEAB da UFRGS e contará, entre outros, com a participação do presidente da Associação Brasileira de Pesquisadores Negros, Paulino Cardoso, que fará a conferência de abertura, às 19h, do dia 19, e da professora Petronilha Beatriz Gonçalves da Silva. A programação inclui discussão sobre a resolução 02/2015 do MEC que define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada, dia 20, às 16h30min.

Inscrições gratuitas no local e horário do evento. Outras informações pelo e-mail  neab@ufrgs.bre deds@prorext.ufrgs.br ou pelo telefone 51 3308-2922.

 

Extraído do site da Universidade Federal do Rio Grande do Sul / Porto Alegre – RS
http://www.ufrgs.br/ufrgs/noticias/nucleos-de-estudos-afro-brasileiros-indigenas-e-africanos-realizam-encontro

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *