Breaking News

ORO E EBO BÍBLICO

 

Em pesquisa particular sobre a minha religião que é o Culto aos Òrìsà, no que tange ao conceito de sua Origem, tentando unir peças de um quebra-cabeça, sobre a cultura Yorùbá; deparei-me com  “O ORO e OEBO” bíblico que é apresentado no terceiro livro do Antigo Testamento da Bíblia; intitulado Levítico que faz parte integrante entre os cinco primeiros livros bíblicos.

A autoria é conferida a Moises, o qual descreve a Lei dos sacerdotes e como eles devem usar estas Leis para desempenhar a sua função sacerdotal perante o seu povo.

Fundamentalmente é um livro teocrático, isto é, seu caráter é legislativo; possuindo ainda em seu texto o ritual dos sacrifícios, as regras que diferenciam o puro do impuro, a lei da santidade e o calendário litúrgico entre outras normas e legislações que regulam a sua religião.

Os cristãos entendem que tais preceitos fazem parte da Lei de Moises que serve como protetor para conduzi-los ao Messias, que seria o Sumo Sacerdote de Deus, prefigurado pelos incalculáveis sacrifícios oferecidos em conformidade com a Lei.

Em diferentes tradições cristãs existem mais material suplementar, como por exemplo, na Bíblia Etíope e na Bíblia Copta.

Faço uma ressalva importante na descrição abaixo, poderemos notar uma apropriação de nossa ritualística, na sua exposição sobre o sacrifício descrito neste livro:

 

8 – Também o sacerdote, que oferecer o holocausto de alguém, terá para si o couro do holocausto que oferecer.
9 – Como também toda a oferta que se cozer no forno, com tudo que se preparar na frigideira e na caçoula (vaso de barro para cozinha), será do sacerdote que a oferecer.
10 – Também toda a oferta amassada com azeite, ou seca, será de todos os filhos de Arão, assim de um como de outro.
11 – E esta é a lei do sacrifício pacífico que se oferecerá ao SENHOR:

 

Interpreto em conclusão:

“O Sacrifício (Oro)  é oferecido em nome de outro, mas o couro fica com o Sacerdote (ÀSE – ILÉ), a carne (eron) preparada pertence ao ÀSE e aos filhos (Omo Òrì kon) da casa de Arão (Sacerdote do ILÉ), e o sacrifício é pacifico”.

*** Qualquer similaridade será mesmo uma casualidade?

 

Nestes livros, fica explicito que o Sacerdote que o escreveu se apossou do nosso alicerce litúrgico, procedendo às devidas adaptações e criações a sua necessidade, inventando assim um novo segmento religioso.

Como não bastasse; os mesmos inventaram um novo calendário que prevalece ate hoje e assim, continuam tentando aniquilar da memória da humanidade o verdadeiro principio da essência do nosso Àse.

 

Apresento a significação de algumas palavras contidas no texto abaixo:

 

EFA ou cesto era uma medida judaica para grãos e líquidos, equivalente mais ou menos a 23 litros, segundo os livros bíblicos dos Juízes.

Caçoula é uma espécie de panela feita de argila ou metal, é também a denominação para os recipientes usados para queimar substâncias ou misturas aromáticas.

Bolo ázimo tipo de massa assado sem fermento, feito de cereais.

Coscorão ou coscoro é um doce típico do Natal, é uma massa cortada em tiras retangulares, depois de frito, o coscorão é polvilhado com açúcar e canela.

Siclo em português refere-se a uma das mais antigas unidades de peso cerca de 180 grãos ou 11 grama.

 

Abaixo descrevo um compacto do livro:

Levítico 1

Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: Quando algum de vós oferecer oferta ao SENHOR, oferecerá a sua oferta de gado, isto é, de gado vacum e de ovelha.

Se a sua oferta for holocausto de gado, oferecerá macho sem defeito; à porta da tenda da congregação a oferecerá, de sua própria vontade, perante o SENHOR.

E porá a sua mão sobre a cabeça do holocausto, para que seja aceito a favor dele, para a sua expiação.

Depois degolará o bezerro perante o SENHOR; e os filhos de Arão, os sacerdotes, oferecerão o sangue, e espargirão o sangue em redor sobre o altar que está diante da porta da tenda da congregação.

Então esfolará o holocausto, e o partirá nos seus pedaços.

Porém a sua fressura e as suas pernas lavar-se-ão com água; e o sacerdote tudo isso queimará sobre o altar; holocausto é, oferta queimada, de cheiro suave ao SENHOR.

E se a sua oferta for de gado miúdo, de ovelhas ou de cabras, para holocausto, oferecerá macho sem defeito.

E se a sua oferta ao SENHOR for holocausto de aves, oferecerá a sua oferta de rolas ou de pombinhos;

E o sacerdote a oferecerá sobre o altar, e tirar-lhe-á a cabeça, e a queimará sobre o altar; e o seu sangue será espremido na parede do altar;

E o seu papo com as suas penas tirará e o lançará junto ao altar, para o lado do oriente, no lugar da cinza;

E fendê-la-á junto às suas asas, porém não a partirá; e o sacerdote a queimará em cima do altar sobre a lenha que está no fogo; holocausto é, oferta queimada de cheiro suave ao SENHOR.

 

Levítico 2

E quando alguma pessoa oferecer oferta de alimentos ao SENHOR, a sua oferta será de flor de farinha, e nela deitará azeite, e porá o incenso sobre ela;

E, quando ofereceres oferta de alimentos, cozida no forno, será de bolos ázimos de flor de farinha, amassados com azeite, e coscorões ázimos untados com azeite.

E, se a tua oferta for oferta de alimentos cozida na caçoula, será da flor de farinha sem fermento, amassada com azeite.

Em pedaços a partirás, e sobre ela deitarás azeite; oferta é de alimentos.

E, se a tua oferta for oferta de alimentos de frigideira, far-se-á da flor de farinha com azeite.

Então trarás a oferta de alimentos, que se fará daquilo, ao SENHOR; e se apresentará ao sacerdote, o qual a levará ao altar.

E, o que sobejar da oferta de alimentos, será de Arão e de seus filhos; coisa santíssima é, das ofertas queimadas ao SENHOR.

Nenhuma oferta de alimentos, que oferecerdes ao SENHOR, se fará com fermento; porque de nenhum fermento, nem de mel algum, oferecereis oferta queimada ao SENHOR.

E todas as tuas ofertas dos teus alimentos temperarás com sal; e não deixarás faltar à tua oferta de alimentos o sal da aliança do teu Deus; em todas as tuas ofertas oferecerás sal.

E, se fizeres ao SENHOR oferta de alimentos das primícias, oferecerás como oferta de alimentos das tuas primícias de espigas verdes, tostadas ao fogo; isto é, do grão trilhado de espigas verdes cheias.

 

Levítico 3

E se a sua oferta for sacrifício pacífico; se a oferecer de gado, macho ou fêmea, a oferecerá sem defeito diante do SENHOR.

E ambos os rins, e a gordura que está sobre eles, e junto aos lombos, e o redenho que está sobre o fígado com os rins, tirará.

Se oferecer um cordeiro por sua oferta, oferecê-lo-á perante o SENHOR;

E porá a sua mão sobre a cabeça da sua oferta, e a degolará diante da tenda da congregação; e os filhos de Arão espargirão o seu sangue sobre o altar em redor.

Mas, se a sua oferta for uma cabra, perante o SENHOR a oferecerá,

E porá a sua mão sobre a sua cabeça, e a degolará diante da tenda da congregação; e os filhos de Arão espargirão o seu sangue sobre o altar em redor.

Como também ambos os rins, e a gordura que está sobre eles, e junto aos lombos, e o redenho que está sobre o fígado com os rins, tirá-los-á.

Estatuto perpétuo é pelas vossas gerações, em todas as vossas habitações: nenhuma gordura nem sangue algum comereis.

 

Levítico 4

Fala aos filhos de Israel, dizendo: Quando uma alma pecar, por ignorância, contra alguns dos mandamentos do SENHOR, acerca do que não se deve fazer, e proceder contra algum deles;

Se o sacerdote ungido pecar para escândalo do povo, oferecerá ao SENHOR, pelo seu pecado, que cometeu, um novilho sem defeito, por expiação do pecado.

E o sacerdote molhará o seu dedo no sangue, e daquele sangue espargirá sete vezes perante o SENHOR diante do véu do santuário.

E os dois rins, e a gordura que está sobre eles, que está junto aos lombos, e o redenho de sobre o fígado, com os rins, tirá-los-á,

Mas o couro do novilho, e toda a sua carne, com a sua cabeça e as suas pernas, e as suas entranhas, e o seu esterco,

E os anciãos da congregação porão as suas mãos sobre a cabeça do novilho perante o SENHOR; e degolar-se-á o novilho perante o SENHOR.

E fará a este novilho, como fez ao novilho da expiação; assim lhe fará, e o sacerdote por eles fará propiciação, e lhes será perdoado o pecado.

Ou se o pecado que cometeu lhe for notificado, então trará pela sua oferta um bode tirado das cabras, macho sem defeito;

E porá a sua mão sobre a cabeça do bode, e o degolará no lugar onde se degola o holocausto, perante a face do SENHOR; expiação do pecado é.

E, se qualquer pessoa do povo da terra pecar por ignorância, fazendo contra algum dos mandamentos do SENHOR, aquilo que não se deve fazer, e assim for culpada;

Ou se o pecado que cometeu lhe for notificado, então trará pela sua oferta uma cabra sem defeito, pelo seu pecado que cometeu,

Mas, se pela sua oferta trouxer uma cordeira para expiação do pecado, sem defeito trará.

E tirará toda a sua gordura, como se tira a gordura do cordeiro do sacrifício pacífico; e o sacerdote a queimará sobre o altar, em cima das ofertas queimadas do SENHOR; assim o sacerdote por ele fará expiação dos seus pecados que cometeu, e ele será perdoado.

 

Levítico 5

E a sua expiação trará ao SENHOR, pelo seu pecado que cometeu: uma fêmea de gado miúdo, uma cordeira, ou uma cabrinha pelo pecado; assim o sacerdote por ela fará expiação do seu pecado.

Mas, se em sua mão não houver recurso para gado miúdo, então trará, para expiação da culpa que cometeu, ao SENHOR, duas rolas ou dois pombinhos; um para expiação do pecado, e o outro para holocausto;

E os trará ao sacerdote, o qual primeiro oferecerá aquele que é para expiação do pecado; e com a sua unha lhe fenderá a cabeça junto ao pescoço, mas não o partirá;

E do outro fará holocausto conforme ao costume; assim o sacerdote por ela fará expiação do seu pecado que cometeu, e ele será perdoado.

Porém, se em sua mão não houver recurso para duas rolas, ou dois pombinhos, então aquele que pecou trará como oferta a décima parte de um efa de flor de farinha, para expiação do pecado; não deitará sobre ela azeite nem lhe porá em cima o incenso, porquanto é expiação do pecado;

E a trará ao sacerdote, e o sacerdote dela tomará a sua mão cheia pelo seu memorial, e a queimará sobre o altar, em cima das ofertas queimadas do SENHOR; expiação de pecado é.

Assim o sacerdote por ela fará expiação do seu pecado, que cometeu em alguma destas coisas, e lhe será perdoado; e o restante será do sacerdote, como a oferta de alimentos.

Quando alguma pessoa cometer uma transgressão, e pecar por ignorância nas coisas sagradas do SENHOR, então trará ao SENHOR pela expiação, um carneiro sem defeito do rebanho, conforme à tua estimação em siclos de prata, segundo o siclo do santuário, para expiação da culpa.

Assim restituirá o que pecar nas coisas sagradas, e ainda lhe acrescentará a quinta parte, e a dará ao sacerdote; assim o sacerdote, com o carneiro da expiação, fará expiação por ele, e ser-lhe-á perdoado o pecado.

E trará ao sacerdote um carneiro sem defeito do rebanho, conforme à tua estimação, para expiação da culpa, e o sacerdote por ela fará expiação do erro que cometeu sem saber; e ser-lhe-á perdoado.

Expiação de culpa é; certamente se fez culpado diante do SENHOR.

 

Levítico 6

Tudo o que tocar a carne da oferta será santo; se o seu sangue for espargido sobre as vestes de alguém, lavarás em lugar santo aquilo sobre o que caiu.

E o vaso de barro em que for cozida será quebrado; porém, se for cozida num vaso de cobre, esfregar-se-á e lavar-se-á na água.

Todo o homem entre os sacerdotes a comerá; coisa santíssima é.

 

Levítico 7

Também o sacerdote, que oferecer o holocausto de alguém, terá para si o couro do holocausto que oferecer.

Como também toda a oferta que se cozer no forno, com tudo que se preparar na frigideira e na caçoula, será do sacerdote que a oferecer.

Também toda a oferta amassada com azeite, ou seca, será de todos os filhos de Arão, assim de um como de outro.

E esta é a lei do sacrifício pacífico que se oferecerá ao SENHOR:

Se o oferecer por oferta de ação de graças, com o sacrifício de ação de graças, oferecerá bolos ázimos amassados com azeite; e coscorões ázimos amassados com azeite; e os bolos amassados com azeite serão fritos, de flor de farinha.

Com os bolos oferecerá por sua oferta pão levedado, com o sacrifício de ação de graças da sua oferta pacífica.

E de toda a oferta oferecerá uma parte por oferta alçada ao SENHOR, que será do sacerdote que espargir o sangue da oferta pacífica.

Mas a carne do sacrifício de ação de graças da sua oferta pacífica se comerá no dia do seu oferecimento; nada se deixará dela até à manhã.

E, se o sacrifício da sua oferta for voto, ou oferta voluntária, no dia em que oferecer o seu sacrifício se comerá; e o que dele ficar também se comerá no dia seguinte;

Fala aos filhos de Israel, dizendo: Quem oferecer ao SENHOR o seu sacrifício pacífico, trará a sua oferta ao SENHOR do seu sacrifício pacífico.

Também a espádua direita dareis ao sacerdote por oferta alçada dos vossos sacrifícios pacíficos.

Aquele dos filhos de Arão que oferecer o sangue do sacrifício pacífico, e a gordura, esse terá a espádua direita para a sua porção;

Porque o peito movido e a espádua alçada tomei dos filhos de Israel dos seus sacrifícios pacíficos, e os dei a Arão, o sacerdote, e a seus filhos, por estatuto perpétuo dos filhos de Israel.

Esta é a porção de Arão e a porção de seus filhos das ofertas queimadas do SENHOR, desde o dia em que ele os apresentou para administrar o sacerdócio ao SENHOR.

Esta é a lei do holocausto, da oferta de alimentos, e da expiação do pecado, e da expiação da culpa, e da oferta das consagrações, e do sacrifício pacífico.

Odábò.

Publicado por Ogán NAVARRO ti ÒÒSÀÀLÀ em 23 março 2011 às 22:18 em Tópicos de temas diversos

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *