Breaking News

“Os orixás estiveram do lado da Bahia neste sorteio”, diz Leonelli

Domingos Leonelli
Domingos Leonelli

O turismo da Bahia será amplamente beneficiado com os jogos da Copa do Mundo, que ocorrerão na Arena Fonte Nova, a partir de 13 de junho de 2014. Juntos, Alemanha, Espanha, Holanda, Portugal e França estão entre os dez países que mais enviam visitantes do exterior para o Estado. Amparado nos dados da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), o secretário do Turismo, Domingos Leonelli, que estava em Costa do Sauípe, afirma que a Bahiatursa fará uma ampla promoção do estado nestes mercados emissores. “Esses países enviam mais de 200 mil visitantes à Bahia por ano, número que deve ser bastante ampliado na Copa. Posso dizer que os orixás estiveram do lado da Bahia neste sorteio”, avalia.

Segundo o último estudo divulgado pela Fipe em 2011, a relação país x turistas é a seguinte: Espanha (71 mil), Alemanha (42 mil), França (48 mil), Holanda (10 mil) e Portugal (25 mil). Leonelli também destaca o fato de a Bahia ter voos diretos de Madri (serão sete a partir de abril), Frankfurt (um) e Lisboa (sete). “Devemos trabalhar intensamente Suíça, Bosnia e Iran e garantir a recepção de voos charters desses países e trazer os visitantes destes locais para o nosso estado”, completa.

De acordo com previsão da Secretaria do Turismo do Estado, baseada em dados do Ministério do Turismo, a Bahia deve receber 650 mil pessoas durante a Copa, sendo 70 mil estrangeiros e o restante brasileiros de outros estados e os próprios baianos que vêm do interior.

Dois dos jogos que serão bastante movimentados em Salvador serão Alemanha x Portugal e Espanha x Holanda, que fizeram a final do último Mundial, na África do Sul, em 2010. As outras partidas em Salvador serão Bósnia e Iran e Suíça e França.

Rafael Massadar

Publicado em: 06/12 – 16:21

Extraído do site:

http://www.mercadoeeventos.com.br/site/noticias/view/101229/os-orixas-estiveram-do-lado-da-bahia-neste-sorteio-diz-leonelli

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *