Breaking News

Oxum Kare rege o astral da semana

Por: Pai Paulo de Oxalá em 02/05/16 05:07

oxum-kkare0002

Astral da Semana: OXUM KARE 02/05/2016

A Rainha da beleza te deixará extrovertido e atraente. Ajudará nos estudos e encontros. Cautela com o ciúme e a impulsividade.

SIMBOLOGIA:

Oxum Kare é representada pelo Òfà (arco e flecha). Dia: sábado, bom para feitiços e oferendas.

OFERENDA:

Kiun adiè ré epo: miúdos de galinha com cebola, camarão e amendoim no dendê.

CORES:

Amarelo, branco e azul que simbolizam jovialidade e atraem dinheiro.

CARACTERÍSTICAS DO ORIXÁ:

Na Nigéria, Kare é cultuada num povoado próximo a Òsogbo que tem o seu nome. Kare é filha de Yemojá Tónà com Odé Ibúalámo (também conhecido como Erinlè – o caçador de elefantes). Kare é graciosa e sensual, porém ela herdou a liderança de sua mãe e a bravura de seu pai, por isso ela é considerada uma grande guerreira.

AXÉS & MAGIAS:

As energias da jovem guerreira influenciarão na coragem e atração. No trabalho, não dê ouvidos a fofocas e dedique-se aos seus objetivos. No amor, aproveite o axé de Kare para esquentar o relacionamento, demonstrando toda sua paixão.

Para adoçar alguém difícil:

Faça um buraco no chão aos pés de uma bananeira e forre-o com folhas de colônia. Depois, escreva num morim amarelo o nome da pessoa, enrole-o, coloque-o no buraco e aterre-o.

Exemplo de Vitória:

MAE-STELLAA

Nascida em 02 de maio de1925 em Salvador, Stella de Azevedo ficou órfã cedo, e quem terminou de criá-la foi sua tia Archanja de Azevedo. Foi iniciada para Oxossi em 1939 por Mãe Senhora “Oxun Muiwá”. Com o falecimento de Mãe Ondina, Iyá Odé Kayode ou Mãe Stella toma posse como Yalorixá do Axé Opó Afonjá em 19 de março de 1976. Mãe Stella de Oxóssi ocupa a cadeira 33 da Academia de Letras da Bahia.

Nesta segunda-feira Mãe Stella completa 91 anos. Para marcar a data, a Yalorixá do Ilê Axé Opô Afonjá receberá parceiros de projetos sociais que desenvolve, para um cafezinho, às 10h da manhã. Cada um anunciará um presente para a aniversariante. A Universidade do Estado da Bahia (Uneb), através do Reitor José Bites de Carvalho por exemplo, que apoia a Animoteca (biblioteca itinerante), fará a digitalização de todo o acervo do terreiro. A Assembleia Legislativa lançará mais um livro Éjìonílè, da coleção Odu Adajó. “A ideia de Mãe Stella é mostrar que a obra é maior do que a pessoa”, diz a psícóloga e escritora Graziela Domini, integrante do terreiro.

O cantor e compositor Edu Casanova, que está musicando textos de Mãe Stella, para um CD, vai cantar para a aniversariante. “Apresentarei uma canção que fiz para ela, chamada Estrela Stella”, conta. A letra: “Acordar cedo/Todos os passarinhos grãos/Regam a vida, abraço dado, água e pão/Meu barco à vela na calmaria navegar/Todos os filhos como uma estrela iluminar/Mãe da pureza do Axé Afonjá/Toda nobreza/E ao teu lado quem dera eu ficar, pra receber seu axé”.

Para o amigo de longa data José Beniste, Mãe Stella está sempre a frente do seu tempo, pois sempre inova com seus projetos sociais!

Íyò fún àse! (Parabéns e Axé!).

Assista nossos vídeos: http://www.youtube.com/paipaulodeoxala

Curta nossa página no facebook: www.facebook.com/paulo.deoxala

Site com novidades sobre a cultura afro: http://paulodeoxala.jimdo.com

DICAS CULTURAIS:

Revista Agen Afro com Pai Yango de Obaluaiyê, tudo sobre festas e eventos. Acesse: www.agenafro.yoruba.com.br

Portal de mídia afro Awùre. Um veículo de comunicação focado nas religiões, na cultura afro-brasileira e atualidades. Direção: Sérgio Carvalho. Acesse: www.awure.jor.br e-mail: jornalawure@gmail.com

Livro: “Um vento sagrado – História de um adivinho da tradição Nagô-Kêtu brasileira” de Muniz Sodré e Luís Felipe de Lima, Ed. Mauad. O livro narra importantes momentos vividos pelo Oluô e Professor Agenor Miranda, como o jogo feito em 1976 para confirmar Mãe Stella de Oxossi como Yalorixá, do Ilê Axé Opô Afonjá de Salvador/BA.

Rádio Peji Orin Okan – Direção: Pejigan Anderson de Bessen. www. pejibessen.com

CANTINHO DO INTERNAUTA:

E-mail de Fausto Neto: Cerimônia do nome: Orúko no Kétu, Dijina em Angola e Hunyi na Nação Jeje.

SIMPATIA PARA ARRUMAR EMPREGO

Pegue sua carteira de trabalho e diga: “São José, bom trabalhador, me abra às portas de um trabalho e lhe serei sempre grato com fé e amor!”. Faça com fé e boa sorte!

Aprenda encantamentos de Odús, Ebós e Magias com as Apostilas de Pai Paulo de Oxalá. Contatos: (21)2556.9009 / (21)2557.2139 ou paulodeoxala@uol.com.br

 

Extraído da coluna Religião e Fé, do Babalorixá Paulo de Oxalá, do Jornal Extra / Rio de Janeiro – RJ
http://extra.globo.com/noticias/religiao-e-fe/pai-paulo-de-oxala/

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *