Breaking News

Padrasto de esquartejado mata outro suspeito do crime

16/10/2015 às 11h23 • atualizado em 16/10/2015 às 12h41

 

pb1-310x245O padrasto do garoto Everton Siqueira, de 5 anos, encontrado morto na manhã da última terça-feira (13), na cidade de Sapé, está sendo acusado de matar um dos suspeitos do crime no presídio PB1, em João Pessoa (PB).

O padrasto, a mãe do garoto, um pai de santo e um doente mental foram presos na tarde da terça-feira acusados de envolvimento no assassinato. No momento da prisão, moradores do município de Sumé ameaçaram invadir a Delegacia de Polícia Civil da cidade para linchar os suspeitos, mas foram impedidos por policiais.

Diante da confusão, os presos foram transferidos para o PB1, considerado com presídio de segurança máxima. Na madrugada desta sexta, um dos suspeitos teria confessado o assassinato do menino e o padrasto é apontado como autor do homicídio, por estrangulamento.

Fotos da cena do crime circulam nas redes sociais, sobretudo no aplicativo de celular WhatsApp.

A polícia ainda não confirmou se o morto no presídio é o pai de santo ou o doente mental.

O menino desapareceu no último domingo (11) e foi encontrado morto na manhã da última terça-feira (13). Ele estava lesões na cabeça, o corpo aberto do pescoço até a altura da virilha e com o pênis decepado.

 

Extraído do portal de notícias Mais PB / João Pessoa – PB
http://www.maispb.com.br/131339/padrasto-de-garoto-esquartejado-mata-outro-suspeito-do-crime-no-pb1.html

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *