Breaking News

Pai de santo quase é preso por porte de alecrim: ‘É macumba, senhor policial’

Redação RedeTV!

14/04/2016 14h53 – Atualizado em 14/04/2016 15h04

 

20160414145631T8u2uD8JAq

O pai de santo e advogado Adérito Simões, de 39 anos, publicou um texto em sua página no Facebook para relatar o dia em que quase foi preso por levar em seu carro um saquinho com alecrim.

Na publicação, ele afirma que foi parado pelos policiais em uma rodovia e teve seu veículo revistado. “Acharam um saquinho de ervas de banho dentro do porta-luvas e o policial gritou: ‘Achei a droga, vagabundo’. Eu falei: ‘Não é maconha. É macumba, senhor policial'”, escreve.

Segundo ele, nesse momento o oficial largou a erva e fez Adérito se sentir como “um terrorista da nação satânica portando uma banana de dinamite de enxofre do inferno”.

Em entrevista ao Buzzfeed Brasil, Adérito explicou que a abordagem aconteceu durante uma viagem para São Tomé das Letras, interior de Minas Gerais, e a situação foi esclarecida ali mesmo.

O pai de santo, que mora na Praia Grande(SP), ainda esclareceu que decidiu compartilhar o incidente para mostrar que as pessoas ainda temem o umbandismo e outras religiões de matrizes afro. “Existe um receio popular de que não pode por a mão na macumba alheia senão, pega em você”, explicou ao site.

Até agora, a publicação feita na terça-feira (12) já alcançou mais de 11 mil curtidas e 2,9 mil compartilhamentos na rede social.

12963682_10207918168967578_5396365156653536963_n
Fui parado e revistado pela polícia. Acharam um saquinho de ervas de banho dentro do porta-luvas e o policial gritou: “Achei a droga, vagabundo”! Eu falei: “Não é maconha. É macumba, senhor policial”. O policial soltou as ervas como se eu fosse um terrorista da nação satânica portando uma banana de dinamite de enxofre do inferno. Assim, tudo foi esclarecido e me livrei de ser preso por porte de alecrim. Aleluia.                                       13 mil 821 3,4 mil

 

Extraído do site da RedeTV! Notícias
http://www.redetv.uol.com.br/jornalismo/cidades/pai-de-santo-quase-e-preso-por-porte-de-alecrim-e-macumba-senhor-policial

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *