Breaking News

Pastora ameaça seguidores de candomblé: ‘Deus mata’

SEXTA-FEIRA, 7 DE AGOSTO DE 2015

Convivência é tensa entre vizinhos
Convivência é tensa entre vizinhos

A pastora evangélica Edineide de Jesus dos Santos, da Casa de Oração, em Camaçari, na Grande Salvador (BA), ameaçou integrantes do Terreiro de Oyá Denã com as seguintes palavras: “Vocês vão ver o que vai acontecer. Morte é morte. Deus mata, está na Bíblia”.
A ameaça foi testemunhada por algumas pessoas, entre as quais o sargento PM Joselito Sena Santana.

A Casa de Oração e o Terreiro ficam na mesma rua, frente a frente (foto), e as acusações entre um estabelecimento religioso e outro tem sido frequente.

Antes de invocar a ira de Deus para fazer a ameaça de morte, Edineide tinha acusado candombecistas de jogar pedras no telhado da Casa de Oração.

Yalorixá Mãe Olina negou ter havido o vandalismo. A pastora Edineide disse que não deu queixa à polícia porque “não tem tempo a perder” e que sua prioridade é cuidar da recuperação de pessoas envolvidas com drogas e crimes.

Edineide teria ficado mais contrariada após ter recebido intimação da Prefeitura porque a Casa de Oração está funcionando sem o licenciamento.

A Coopir (Coordenação de Promoção da Igualdade Racial de Camaraçari) está investigando a acusação de que a pastora tenha cometido intolerância religiosa.

 

 

Camaçari tem 280 mil habitantes
Com informação da Revista Livre.

Leia mais em http://www.paulopes.com.br/2015/08/pastora-ameaca-seguidores-de-candomble-com-a-ira-de-deus.html#ixzz3iI0uiNKV 
Paulopes informa que reprodução deste texto só poderá ser feita com o CRÉDITO e LINK da origem.

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *