Breaking News

Periferia Criativa: Casa da Cultura recebe curso gratuito de formação na área de Cultura Popular

Iniciativa com incentivo do Funcultura promove aperfeiçoamento técnico em criação e gestão cultural entre os dias 08 de maio a 17 de junho. Inscrições já estão abertas 

O curso gratuito de aperfeiçoamento técnico e em criação e gestão cultural Periferia Criativa está com inscrições abertas até esta sexta-feira (05) através do link http://bit.ly/PeriferiaCriativa. A iniciativa do Grão Coletivo, que conta com incentivo Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura), será realizada de 08 de maio a 17 de junho, de segunda a sexta-feira, das 14h às 18h, na Casa da Cultura (Sala Jota Soares, Raio Sul, 2º piso), e oferece 25 vagas gratuitas. O principal objetivo é qualificar brincantes e produtores ligados à Cultura Popular, por meio de oficinas temáticas, sobre processo de gestão e qualificação de projetos para captação de recursos e empreendedorismo cultural, priorizando brincantes, mestres e profissionais que atuam no campo da cultura popular. A ideia é oferecer conteúdos que apoiem os alunos nas questões da sustentabilidade econômica dos grupos, visando o fortalecimento institucional e a conexão com oportunidades para o desenvolvimento de suas ações. 

As 120 horas do curso Periferia Criativa estão dividas em seis módulos, que serão ministrados pelos seguintes produtores culturais integrantes do Grão Coletivo: Maciel Salú – Cultura Popular | Mestre Griô (08 a 12/05); Rute Pajeú – Gestão Financeira (15 a 19/05); Priscila Moreira – Território, identidade e pertencimento (29/05 a 02/06); Danilo Carias – Articulação Institucional (05 a 09/06); Dulce Reis e Walton Ribeiro – Comunicação, Mídias e Publicidade (12 a 16/06). O módulo de Criação Artística (22 a 26/05) será ministrado de forma colaborativa por todos os oficineiros. Para encerrar o curso, no dia 17 de junho (sábado), os alunos serão levados por um transporte disponibilizado pelo próprio Periferia Criativa para o Terreiro do Maracatu Águia Formosa de Tracunhaém, onde deverão participar de uma vivência com o grupo de cultura popular. 

Durante as aulas, os oficineiros oferecerão conteúdo de pesquisa para os alunos a fim de incentivar o reconhecimento de tecnologias que viabilizem a gestão e a conexão com a cultura global e o mercado da cultura. Além disso, o Periferia Criativa tem como um de seus objetivos incentivar a organização dos grupos e provocar uma imersão criativa para que eles reconheçam seu potenciais e fragilidades, podendo, com isso, se empoderar e se fortalecer. 

Para isto, o Periferia Criativa difundirá e incentivará práticas de gestão que sejam inovadoras, tendo como premissa a responsabilidade social, a idoneidade, a transparência e a prática do mercado justo com foco da economia solidária e criativa, buscando com isso fortalecer valores e ideias inovadoras. 

O público-alvo do Periferia Criativa são jovens a partir dos 18 anos, adultos e idosos de todos os gêneros que integram algum grupo de cultura popular na Região Metropolitana do Recife, que desejam obter conhecimentos sobre gerenciamento de projetos culturais e ferramentas de gestão de ideias, bem como processos de criação e articulação institucional. 

Sobre – Periferia Criativa surgiu da iniciava dos produtores culturais Danilo Carias e Priscila Moreira com a proposta de reconhecer a periferia como espaço onde a criatividade gera oportunidades e modifica a vida das pessoas. A ação será realizada pelo Grão Coletivo, que é formado pelos empreendimentos Criativo Soluções, Feed Comunicação, Grão – Comunicação e Cultura, Maciel Salú Auroras. A iniciativa conta com incentivo do Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura), Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe), Secretaria de Cultura e Governo do Estado de Pernambuco. O curso ainda conta com a parceria da Diretoria de Formação e Capacitação da Fundarpe e da Casa da Cultura.

 

Módulo | Oficineiro | Datas | Conteúdo | Carga Horária

 

Cultura Popular – Mestre Griô

Oficineiro: Maciel Salú | Grão – Comunicação e Cultura

Quando: de 08 a 12 de maio

Conteúdo | Carga horária:

Como nasce a brincadeira (4h)

O sagrado e o profano – elementos culturais da cultura popular (4h)

A dança e o brinquedo (4h)

A encenação e brinquedo (4h)

Atividade de Campo – conhecendo o brinquedo e seu território (4h)

 

Gestão Financeira

Oficineira: Rute Pajeú | Grão – Comunicação e Cultura

Quando: de 15 a 19 de maio

Conteúdo | Carga horária:

Introdução ao conceito de Administração (4h)

Planejamento de custos e gerenciamento de recursos (4h)

Gerenciamento Bancário e (4h)

Prestação de Contas para Projetos Culturais (4h)

Construindo coletivamente um plano de gerenciamento de recursos (4h)

 

Criação Artística

Oficineiros: Danilo Carias, Dulce Reis, Maciel Salú, Priscila Moreira e Rute Pajeú

Quando: de 22 a 26 de maio

Conteúdo | Carga horária:

Introdução à História da Arte (4h)

Arte e Mercado – Economia da Cultura (4h)

Direito Autoral e Mercado (4h)

Criar e comercializar – um desafio moderno da cultura (4h)

Construindo coletivamente um plano de negócios para a cultura (4h)

 

Território, identidade e pertencimento

Oficineira: Priscila Moreira | Auroras

Quando: de 29 de maio a 2 de junho

Conteúdo | Carga horária:

O que é e a relação entre território, identidade e pertencimento (4h)

Cena cultural, como se constrói o centro-periferia (4h)

Mil possibilidades…”o pensar fora da caixa” (4h)

Produzir a partir das suas vivências (I) (4h)

Produzir a partir das suas vivências (II) (4h)

 

Articulação Institucional

Oficineiro: Danilo Carias | Criativo Soluções

Quando: de 5 a 9 de junho

Conteúdo | Carga horária:

Ação em Rede – reconhecendo parceiros e profissionais (4h)

Comunicação Institucional – ferramentas e sistemas feedback (4h)

Instrumentos de Avaliação de Resultados (4h)

Construindo parcerias no território (4h)

Redes Colaborativas e Empreendedorismo Cultural (4h)

 

Comunicação, Mídias e Publicidade

Oficineiros: Dulce Reis e Walton Ribeiro | Feed Comunicação

Quando: de 12 a 16 de junho

Conteúdo | Carga horária:

Introdução aos meios de comunicação (4h)

Redes sociais e blogs: a voz da comunidade (4h)

Comunicação e cultura (4h)

Como elaborar peças publicitárias (4h)

Construção Coletiva – Comunicação na prática (4h)

 

Serviço:

Periferia Criativa | Curso de aperfeiçoamento técnico e artístico na área de Cultura Popular e Tradicional

Quando: de 08 de maio a 17 de junho de 2017; aulas de segunda a sexta-feira, das 14h às 18h

Encerramento: 17 de junho de 2017 | Vivência no Terreiro do Maracatu Águia Formosa de Tracunhaém (com transporte gratuito incluso)

Local: Casa da Cultura Luiz Gonzaga | Sala Jota Soares, Raio Sul, 2º piso. Bairro de Santo Antônio, Recife-PE

Período de inscrições: até sexta-feira (05/05)

Inscrições gratuitas: http://bit.ly/PeriferiaCriativa

Vagas: 25

Resultado das inscrições: neste sábado (06/05)

Convocatória: http://bit.ly/ConvocatoriaPeriferiaCriativa

Carga horária total: 120 horas

Público-alvo: jovens a partir dos 18 anos, adultos e idosos de todos os gêneros integrantes de algum grupo de cultura popular na Região Metropolitana do Recife

Realização: Grão Coletivo, Criativo Soluções, Feed Comunicação, Grão – Comunicação e Cultura, Maciel Salú e Auroras

Parceria: Diretoria de Formação e Capacitação da Fundarpe e Casa da Cultura

Incentivo: Funcultura, Fundarpe, Secretaria de Cultura e Governo do Estado de Pernambuco

Informações: (81) 98236.3777 / criativo.producaocultural@gmail.com

 

Fonte: ASCOM
Dulce Reis

Feed Comunicação – Empresa integrante do Grão Coletivo

Jornalista | Assessora de Comunicação | Produtora de Conteúdo Online

Telefone: +55 (81) 98853-3083 (WhatsApp)

http://feedcomunicacao.com.br/

 

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *