Breaking News

Plenária sobre Dir. Humanos contra violência, racismo e intolerância religiosa será nesta quinta

Jornal do Brasil   A Coordenadoria de Experiências Religiosas Tradicionais Africanas, Afro-Brasileiras Racismo e Intolerância Religiosa, realiza nessa quinta (amanhã), Plenária Direitos Humanos contra a Violência, Racismo e Intolerância Religiosa, para debater e recolher ideias para um melhor encaminhamento com o futuro Prefeito, uma forma inesgotável de propor bom senso e respeito com todos os segmentos religiosos. crivella-com-carta-compromisso Os Candidatos à Prefeito do Rio de Janeiro, que concorrem no segundo turno, Marcelo Freixo  (PSOL) e Marcelo Crivella (PRB), assinaram recentemente a Carta Compromisso com os Direitos Humanos Contra a Violência, Racismo e Intolerância Religiosa. “A responsabilidade com a - Carta Compromisso com os Direitos Humanos Contra a Violência, Racismo e Intolerância Religiosa, passa a ser de extrema importância com o nosso Estado, que é diversificado, repleto de crenças e é laico. De mãos dadas, vamos lutar em prol da liberdade religiosa”, declarou o Doutorando (UFRJ) Babalawô Ivanir dos Santos, interlocutor da Coordenadoria de Experiências Religiosas Tradicionais Africanas, Afro-Brasileiras Racismo e Intolerância Religiosa, alojada no Instituto de Filosofia e Ciências Sociais. A intolerância religiosa continua fazendo vítimas, nos últimos anos a  Comissão de Combate à Intolerância Religiosa (CCIR) vem chamando à razão da sociedade para o perigo de uma ditadura religiosa em um país como o Brasil. Aberta ao público Quinta - 6 de outubro A partir das 17h45 IFCS - Instituto Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro (IFCS/UFRJ) Largo São Francisco de Paula, 1 / Centro Sala 106   Extraído do site do Jornal do Brasil / Rio de Janeiro – RJ http://www.jb.com.br/rio/noticias/2016/10/05/plenaria-sobre-dir-humanos-contra-violencia-racismo-e-intolerancia-religiosa-sera-nesta-quinta/

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *