Breaking News

PMDB Afro reivindica a Temer nomeação do ator Jorge Coutinho como ministro da Cultura

19/06/2017 – 16:33

 

PMDB Afro
Indicação de Jorge Coutinho para a Cultura tem apoiadores na cúpula, cita jornal

O PMDB Afro de Minas Gerais, braço da legenda voltado à causa dos negros, reivindica ao presidente Michel Temer a nomeação do ator negro Jorge Coutinho para a pasta da Cultura. O cargo esta vago desde  a última sexta-feira (16), quando o cineasta João Batista de Andrade, interino no posto desde a renuncia do deputado Roberto Freire (PPS-SP), divulgou carga anunciando o desligamento.

Aos 83 anos, Jorge Coutinho é presidente do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos e Diversões do Rio de Janeiro (Sated-RJ) e membro do Conselho de Comunicação do Congresso Nacional. Militante do antigo MDB, o ator comunicou seu interesse em chefiar a pasta da Cultura ao ministro Moreira Franco, que comanda a Secretaria-Geral da Presidência da República. O PMDB do Rio de Janeiro também avisou sobre a pretensão do ator da Globo ao ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha. Jorge Coutinho também tem o apoio de lideranças do partido no Rio para ocupar o cargo.

Em meio a esse impasse, o PMDB trava uma batalha para ocupar o Ministério da Cultura. O deputado peemedebista André Amaral Filho, da Paraíba, tem feito lobby para ser indicado, mas sua pretensão foi desmentida pelo líder do governo no Senado e presidente da legenda, Romero Jucá (RR).

Enquanto o partido se mantém reticente, Jorge Coutinho corre por fora e conquista força, estimulada inclusive por figuras-chave da cúpula do Palácio do Planalto. Reportagem do jornal O Globo publicada neste domingo (18) apurou que o presidente do PMDB Afro do Rio de Janeiro, Nayt Júnior, o ministro dos Esportes, Leonardo Picciani (PMDB-RJ), e o coordenador da bancada fluminense do partido na Câmara, o deputado federal Altineu Côrtes, estão empenhados em defender a indicação do ator junto a Temer. O secretário de Cultura, André Lazaroni, também reforça a candidatura.

Segundo a reportagem, além de Moreira Franco, outro homem forte do governo Temer, o ministro Eliseu Padilha, também apoia a indicação de Jorge Coutinho. O jornal entrevistou o ator e perguntou-lhe então o que falta, diante do apoiamento de tantas peças importantes, para que seu nome seja confirmado como ministro.

“Falta o Temer. Não sei como isso é feito. Mas gostaria muito que o Temer conversasse com Moreira, Picciani e Padilha”, declarou o ator.

 

Fonte: Congresso em Foco

Extraído do portal de notícias Boa InFormação
https://boainformacao.com.br/2017/06/pmdb-afro-reivindica-a-temer-nomeacao-do-ator-jorge-coutinho-como-ministro-da-cultura/