Breaking News

Polícia identifica suspeitos de matar pai de santo em Simões Filho

Da Redação SFO – Simões Filho Online

Autor: Redação
Publicada em 14/09/2015 às 18:38

Já foram identificados os dois suspeitos da morte do pai de santo Sizenando de Jesus Carvalho, de 39 anos. A informação é do delegado Rogério Ribeiro, titular da 22ª Delegacia (Simões Filho), que investiga o caso. Segundo Ribeiro, a polícia já solicitou à Justiça a prisão temporária dos dois e buscas ainda são feitas na região onde aconteceu o crime.

Ainda de acordo com Ribeiro, a motivação ainda não está confirmada. “Me parece que foi briga de drogas, embora o pai de santo não tivesse qualquer envolvimento. Mas tinha um parente (envolvido com drogas), que esses dois estariam procurando”, afirma o delegado.

Sizenando foi morto no último sábado (12). Ele residia na Rua Nova, no Bairro Cristo Rei, em Simões Filho, na região metropolitana de Salvador. Bastante conhecido na comunidade onde morava, ele era chamado de ‘Zal’. “Eu só posso dizer que vou sentir saudades dele, pois era uma pessoa muito querida por todos aqui”. disse um morador.

Segundo familiares da vítima, momentos antes do crime, Zal havia acabado de chegar em casa do hospital, onde foi visitar um amigo que tinha sido baleado na semana passada. Parentes e amigos do pai de santo garantiram que ele não tinha desafetos e que até o momento não entendem a motivação do crime.

Pai-de-santo-morto-no-cristo-rei

Sizenando deixa três filhos – um deles com a atual companheira. O sepultamento do corpo de Sizenando aconteceu na tarde deste domingo (13), no cemitério da cidade. Pelo que relataram familiares de Zal e moradores do bairro, o babalorixá era um líder comunitário prestativo e bastante querido na comunidade.

Entenda o Caso

De acordo com informações enviadas a redação do Simões Filho Online, Sizenando de Jesus Carvalho, de 39 anos, residia na Rua Nova. Ele estava dentro de sua residencia conversando com a mulher na sala de casa, assistindo televisão, quando, dois homens armados invadiram o local e surpreenderam o babalorixá que foi atingido na cabeça e em diversas partes do corpo.

Zal recebeu mais de sete tiros – entre eles, dois na cabeça e um no braço. Além do pai de santo, informações dão conta de que  a esposa também foi baleada, mas o tiro pegou de raspão na perna. Ela passa bem.

Populares disseram que os autores do homicídio, ainda não identificados, chegaram a casa da vítima de moto. “Ele estava sentado, conversando com a esposa, quando esse homem chegou. Ele atirou e saiu”. Contou.

Sizenando foi socorrido e deu entrada no Hospital Municipal de Simões Filho às 18h59min. Ele chegou a ser reanimado e entubado, mas, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito às 21h10min ainda na unidade.

O caso está sendo investigado por agentes da  22ª Delegacia Territorial de Simões Filho.

 

Extraído do site do Jornal Simões Filho on line / Simões Filho – BA
http://www.simoesfilhoonline.com.br/policia-identifica-suspeitos-de-matar-pai-de-santo-em-simoes-filho/

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *