Breaking News

Ponto de Cultura e Memória Ibaô realiza palestra e exibe o filme ‘Diário de Exus’

11427219_405459369642044_8575836989852645473_n-1O Ponto de Cultura e Memória Ibaô, em Campinas, realizará no próximo dia 19 de junho, sexta-feira, uma palestra a exibição de um filme que abordam, de diferentes formas, temáticas da cultura africana.

A palestra “Uma perspectiva afro-brasileira sobre história, memória e arte no espaço museal: o Museu Afro Brasil e a lei 10.639″, que acontece às 14h, tem como objetivo apresentar a experiência do Núcleo de Educação do Museu Afro Brasil no processo de atendimento ao público, tendo como eixo o processo de construção identitária levando-se em conta a sociedade brasileira, marcada pelo racismo, pelo preconceito e pela discriminação racial. Serão destacadas, nessa ocasião, algumas práticas de formação de educadores e de atendimento a jovens atendidos pela Fundação Casa, buscando explicitar as contribuições conceituais e metodológicas que o Museu oferece aos visitantes, a partir das exposições de longa duração e das mostras temporárias abertas ao público. A palestra será transmitida on line pelo site do Socializando Saberes.

No mesmo dia, às 19h30, o Cinecultura apresenta o filme “Diário de Exus”, de Gilberto Sobrinho. O documentário atualiza o mito de Exu, tomando como ponto de partida o registro do processo de criação da peça de teatro “Exus”. Seu protagonista, o ator Mestre Jahça, é o fio condutor que conecta os diferentes lugares onde habita essa divindade. Após a exibição, acontecerá um bate papo com o diretor.

Mais informações no evento no facebook. (Carta Campinas com informações de divulgação)

 

Extraído do site da Revista Carta Campinas / Campinas – SP
http://cartacampinas.com.br/2015/06/ponto-de-cultura-e-memoria-ibao-realiza-palestra-e-exibe-o-filme-diario-de-exus/

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *