Breaking News

Por que o país do sincretismo conserva tanta intolerância religiosa?

Tema Livre recebe especialistas para debater o assunto

Tema Livre

No AR em 18/04/2017 – 09:20

Entre 2011 e 2015, o Brasil teve 697 denúncias de intolerância religiosa, segundo dados da Secretaria Especial de Direitos Humanos compilados em relatório lançados em janeiro na capital fluminense. O estado do Rio de Janeiro lidera o ranking com maior número de denúncias de casos de discriminação, que têm como principal alvo as religiões afro-brasileiras.

Para discutir o assunto, o programa Tema Livre recebe a babalorixá Ivanir dos Santos; a Coordenadora Técnica do Centro de Promoção da Liberdade Religiosa (CEPLIR) Flávia Pinto; e o reverendo da Igreja Presbiteriana do Pechincha, Fabio Castro.

 

 

Extraído do site da EBC / Brasília – DF
http://radios.ebc.com.br/tema-livre/2017/04/intolerancia-religiosa

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *