Breaking News

Português visita festejos de Iyemanjá há seis anos: ‘tudo me encanta’

por Guilherme Silva / Fernando Duarte Terça, 02 de Fevereiro de 2016 - 07:00    
Foto: Jefferson Peixoto/ Ag. Haack/ Bahia Notícias
Foto: Jefferson Peixoto/ Ag. Haack/ Bahia Notícias
 A cidade de Fátima, em Portugal, é conhecida pela religiosidade católica. A tradição religiosa portuguesa, no entanto, não guarda qualquer similaridade com as festas populares baianas. Essa é a avaliação do português Augusto Pires, de 61 anos, que não perde a festa de Iyemanjá há seis anos. “No fundo, tudo me encanta. A fé das pessoas. O branco em geral (das roupas)”, comenta. Pires foi ao Rio Vermelho nesta terça-feira (2) acompanhado pela esposa, a baiana Regina Dutra, 68 anos. “Ele adora a festa de Iyemanjá, todas as festas populares. É a devoção mesmo”, explica Regina, instantes após depositar um ramalhete de rosas para a Rainha do Mar. “Eu trouxe um ramalhete de rosas, com azul. O meu pedido é que tenho as cinzas de uma filha minha que com 28 anos Deus levou está no mar e que Iyemanjá olhasse pelos filhos dela”, explica a baiana.   Extraído do portal de notícias BN – Bahia Notícias / Salvador – BA http://www.bahianoticias.com.br/noticia/185078-portugues-visita-festejos-de-iemanja-ha-seis-anos-tudo-me-encanta.html

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *