Breaking News

PP Afro e Fundação Milton Campos fazem parceria no Piauí

PP Afro – 13/05/2017 às 13h20

 

O Partido Progressista lançou hoje em Teresina o PP Afro em Ação, uma série de eventos de conscientização a respeito de racismo e discriminação LGBTI, que será realizada pelo PP Afro em parceria com a Fundação Milton Campos.

Em encontro no plenarinho da Assembleia Legislativa, a coordenadora do PP Afro no Piauí, Virna Lisi, recebeu o presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira, o coordenador nacional do PP Afro, Bruno Teté, que veio do Rio de Janeiro especialmente para o lançamento; a deputada federal Iracema Portella, madrinha do PP Afro nacional, o deputado estadual Júlio Arcoverde, a produtora cultural Ingrid Silva, representando o Centro Nacional de Africanidade e Resistência Afro-Brasileira no Piauí e lideranças comunitárias.

Ingrid Silva falou sobre as religiões de matrizes africanas e destacou que o Brasil ainda é um país preconceituoso, que vivencia uma cultura que não é a sua. “Nós esquecemos da nossa história, os 412 terreiros mapeados pela Universidade Federal do Piauí, com mais de 5 mil pessoas participantes, não têm o devido reconhecimento. O pai de santo é uma autoridade religiosa, como um padre ou um pastor”, disse a representante do Cenarab.

A deputada federal Iracema Portella comemorou a união do PP Afro com a Fundação Milton Campos e afirmou estar convicta de que o PP Afro em Ação vai ter resultados excelentes. “Esclarecer, conscientizar e realizar ações de combate ao preconceito é importante. Ter informação de qualidade ajuda a derrubar barreiras, a vencer as provocações sutis, a discriminação velada, o desrespeito nas redes sociais e na comunidade”, comentou a parlamentar.

Iracema disse ainda que o país sofre pelo racismo institucional praticado pelo Estado. “O país precisa de mais políticas públicas e ações efetivas que façam a diferença na vida dos negros, que possam mudar os dados alarmantes de violência contra os jovens negros”, lamentou.

Em sua fala, o senador Ciro Nogueira agradeceu a presença do coordenador nacional do PP Afro, Bruno Teté, e assegurou que o PP trabalha para ser o partido afro do Brasil. “Sabemos que o país tem uma dívida histórica com os negros e estamos fazendo nossa parte para corrigir isso”, disse.

O evento contou ainda com palestra do jornalista e historiador Cláudio Barros e com apresentações de dança e capoeira.

 

Extraído do portal de notícias 180 graus / Teresina – PI
http://180graus.com/iracema-portella/pp-afro-e-fundacao-milton-campos-fazem-parceria-no-piaui

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *