Breaking News

PPLE avança e realiza encontro na Bahia

Salvador é a cidade baiana escolhida para sediar o primeiro evento para mobilização de novos apoiadores e colaboradores, trata-se do 1º Encontro de Mobilização do PPLE-BA, a se realizar no Espaço SITOC, na rua do Passo, nº 40, no Pelourinho, em Salvador – BA, no próximo dia 17 de maio, às 8h.

O encontro é coordenado pela Executiva Nacional e o Presidente, Marcelo Monteiro estará recepcionando todos os interessados, ao lado de personalidades do candomblé baiano, como Makota Valdina, Marcos Sampaio, Tatá Anselmo, Hélio Santos e Valdélio Silva.

O dendê vai esquentar e nossos Ancestrais certamente estarão nos apoiando e fortalecendo na construção da unicidade política do nosso povo.

Marcelo Monteiro

Presidente Nacional do PPLE

Fones: (21)31488207 / TIM 983917205 / CLARO 994496786 / OI 986087456 / VIVO 967051960 / NEXTEL 78390542 / ID 118*47931

E-mail: pple@pple.com.br / marcelo.monteiro@pple.com.br

Sítio: Http://www.pple.com.br

Facebook: https://www.facebook.com/pple.liberdadedeexpressao

Siga-nos: https://twitter.com/PPLEBR

IMG_5485195273093

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *