Breaking News

Prefeito cristão proíbe atos de outras religiões e nega ser intolerante

 

03/01/2017 | 18h00min

1483477307794-prefeitoO prefeito de Guanambi, cidade do sudoeste baiano, concedeu entrevista, na manhã desta terça-feira (3/1), ao Portal de notícias Aratu Online e disse que o decreto instituído por ele, na última segunda-feira (2/1), foi mal interpretado. Jairo Magalhães (PSB) garantiu que defende o Estado Laico e é contra qualquer tipo de intolerância religiosa.

No documento, publicado no Diário Oficial do Município, o prefeito, no entanto, declara que a cidade pertence a Deus e cancelou, “em nome de Jesus, todos os pactos realizados com qualquer outro Deus ou entidades espirituais”.

 

Veja trechos da entrevista concedida pelo prefeito:

Aratu Online – Qual foi a motivação da instituição deste decreto?

JM – Se trata, apenas, de a gente querer o bem para a cidade. O problema é que está sendo tudo desvirtuado.

AO – Então para o senhor, o que não tem relação com o cristianismo está ligado ao mal?

JM – O decreto não tem nenhuma relação com pessoas ou religiosidade

AO – O senhor fala em forças espirituais do mal e diz que vai cancelar, em nome de Jesus, todos os pactos realizados com outro Deus. Isso não é religiosidade?

JM – Não. Estou me referindo a todas as pessoas que não são bem intencionadas.

AO – Pode citar exemplos dessas manifestações?

JM – Estou falando de atos como corrupção, violência, desrespeito com as crianças e tudo aquilo que não é bom para a cidade.

AO – O senhor é a favor do Estado Laico?

JM – Sim e não aceito qualquer tipo de intolerância religiosa. Eu valorizo as pessoas pelo que elas praticam e não pela religião.

AO – Na sua gestão, os templos religiosos que não seguem ao cristianismo sofrerá algum tipo de discriminação?

JM – De forma alguma, inclusive, já fomos procurados por membros de um terreiro de candomblé, que teve o muro da cassa derrubada pela prefeitura, na gestão anterior. Vamos ver qual foi o motivo dessa atitude e solucionar de forma adequada.

Créditos: Aratu Online

 

 

Extraído do site de notícias Paraíba.com.br / João Pessoa – PB
http://www.paraiba.com.br/2017/01/03/41977-prefeito-cristao-proibe-atos-de-outras-religioes-e-nega-ser-intolerante

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *