Breaking News

Primeira travesti a assumir presidência de Câmara dos vereadores na PB diz que sofreu muito preconceito

05/01/2015 | 14h21min

 

1420382978734-mae-shirleyA primeira vereadora travesti da história da Paraíba a ocupar o cargo de presidente de Câmara dos Veradores, Mãe Shirley, de Pilar, comentou que enfrentou muitos preconceitos para chegar a esse posto, afirmou que conta com o apoio da maioria dos vereadores e da prefeita da cidade e negou planos de se candidatar a prefeitura.

Em entrevista ao programa Rádio Verdade da Arapuan FM, nesta segunda (5), a vereadora afirmou que teve que enfrentar muito preconceito de “pessoas que não têm a cabeça equilibrada para aceitar esse fato”.

Para Shirley, foi com muito trabalho e luta, defendendo a população da melhor forma que deram essa oportunidade de representar a Câmara e ajudar junto com os outros vereadores.

Questionada sobre se seria candidata a prefeita, a vereadora afirmou que é ‘muito cedo’, e que “existem outros candidatos e agora estamos em questão de equilibrar esse dois anos para a prefeita fazer um bom trabalho com a Câmara equilibrada e agradecer a oportunidade que me deu agora”.

A vereadora ainda afirmou que tiveram pessoas foram preconceituosas não só pela questão da sexualidade, mas também porque a vereadora é do Candomblé. “O povo vê o candomblé como negativo, não é, negativas são as pessoas que não sabem conviver dentro do candomblé, mas é uma religião como outra qualquer”, diz.

Quanto a ela ser travesti, a vereadora afirmou que “em todo canto tem pessoas boas e ruins. Tive muitos problemas com preconceito, muitas dificuldades, mas não levo isso em conta porque são pessoas muito pobres espiritualmente. O que vale não é minha opção (sic) sexual, ou minha religião, mas meu caráter. Não tive problemas com pessoas boas”, conta.
Marília Domingues

 

 

Extraído do site Paraíba.com.br
http://www.paraiba.com.br/2015/01/05/12911-primeira-travesti-a-assumir-presidencia-de-camara-dos-vereadores-na-pb-diz-que-sofreu-muito-preconceito