Breaking News

Projeto inédito reúne 14 terreiros em Jaboatão para celebrar Iemanjá

Orixamar será nesta segunda (8), em Barra de Jangada, das 9h às 23h30. Evento terá shows musicais, artesanato e gastronomia; entrada é de graça.

Do G1 PE | 07/12/2014 18h36 - Atualizado em 07/12/2014 18h36      
Naná e ialorixá Elza de Iemanjá serão homenageados no Orixamar (Foto: Maker Mídia e Jair Alves/ Divulgação)
Naná e ialorixá Elza de Iemanjá serão homenageados no Orixamar (Foto: Maker Mídia e Jair Alves/ Divulgação)
Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropoliatana do Recife, vai receber nesta segunda-feira (8) um projeto inédito que reunirá 14 terreiros de candomblé em celebração ao Dia de Iemanjá. A primeira edição do Orixamar será na Praia de Barra de Jangada, próximo à Ilha do Amor, com shows musicais, artesanato e gastronomia. As atividades serão das 9h às 23h30, e a entrada é de graça. Na Bahia, o Dia de Iemanjá é comemorado em 2 de fevereiro. No entanto, a Associação dos Terreiros de Pernambuco faz festa em 8 de dezembro, mesmo dia da santa católica Nossa Senhora da Conceição. Jaboatão vai sediar o Orixamar por ser a cidade pernambucana com maior número de terreiros do estado, segundo a associação.
Andreia Luiza vai apresentar somente o repertório de Clara Nunes (Foto: Anísio Neto/ Divulgação)
Andreia Luiza vai apresentar somente o repertório de Clara Nunes (Foto: Anísio Neto/ Divulgação)
O Orixamar vai homenagear a ialorixá Elza de Iemanjá e o multi-instrumentista Naná Vasconcelos, dois defensores e divulgadores da cultura afro-brasileira. Entre os terreiros que participarão do encontro, estão o Ilê Axé de Xangô, Ilê Axé Oyá Gigan, Abassá Axé Oyá Balé Omim, Ilê Axé Aganju, Ilê Axé Ogum Megê, Egbé Orisa Nago Vodun, Ilê Axé Renoga Iemanjá Ofunté, Inzoia Nzambi, Ilê Axé Egbé Awo e o Ilê Axé Omim Oxum Opará. O evento terá apresentações do Afoxé Oxum Pandá, Banda Sonduos Quilombos, Maracatu de Baque Virado Nação Xangô Alafim, Maracatu Estrela da Sedução, Maracatu Mirim Luar Percussão e Nação do Maracatu Aurora Africana. A programação encerra com show da cantora Andreia Luiza, com repertório baseado nas músicas interpretadas por Clara Nunes. Das 15h30 às 16h e das 19h às 20h, haverá degustação gratuita de comidas de santo como acarajé, vatapá, peixada, ewa dumdum ou feijão de Omulu e o biguiri de Xangô - à base de quiabo, camarão e castanha, entre outras delícias. O evento é coordenado pelo produtor cultural Geraldo Dias e conta com incentivo do Funcultura e apoio do Sesc Piedade e Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes.       Extraído do Portal de Notícias G1/Recife-PE http://g1.globo.com/pernambuco/noticia/2014/12/projeto-inedito-reune-14-terreiros-em-jaboatao-para-celebrar-iemanja.html

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *