Breaking News

Projeto leva oficinas de dança afro-brasileira em Pimenteiras, RO

GERAL  17/05/2016 17h49

 

 

Uma das oficinas promoverá o ensino da dança maculelê, de origem africana com elementos da cultura baiana. (Foto: Washington Kuipers/Serpentário Produções/Divulgação)
Uma das oficinas promoverá o ensino da dança maculelê, de origem africana com elementos da cultura baiana. (Foto: Washington Kuipers/Serpentário Produções/Divulgação)

Os alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Paulo Freire, de Pimenteiras do Oeste , no Cone Sul de Rondônia , recebem nesta sexta-feira (20), o projeto ‘Oficina de Dança Afro-Brasileira: Reconstruindo o Quilombo’. Segundo os organizadores, a ação visa contribuir para a valorização da cultura do município, que foi fundado por quilombolas.

Os professores de dança ensinarão os estudantes a dançarem os ritmos da arte-dança-luta maculelê, samba de roda e capoeira, todas de origem africana com elementos da cultura baiana.

A iniciativa é do grupo cultural de Vilhena , Serpentário Produções, em parceria com a Associação Cultural, Educação, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável Diversidade Amazônica (ACEMDA) e a Fundação Palmares.

“A gente vem com uma proposta de estimular os alunos a explorarem e fortalecerem sua identidade, autoestima e habilidades corporais a partir da dança afro-brasileira”, afirmou Andreia Machado, integrante do grupo Serpentário Produções.

 

 

Extraído da versão digital do Jornal de Floripa / Florianópolis – SC
http://www.jornalfloripa.com.br/noticia.php?id=10733304