Breaking News

PSol anuncia filiação de ex-petistas baianos à sigla

Postado em 30 de outubro de 2015 por Diogenes Matos em NotíciasOlho Vivo

 

Durante a abertura do Congresso Estadual do Partido Socialismo e Liberdade (PSol), que será realizado nesta sexta-feira (30), às 19hs, no Hotel Sol Barra, localizado no Porto da Barra, em Salvador, será anunciada a filiação para a sigla, de duas importantes lideranças do movimento negro baiano.

O evento irá discutir a nova composição da Diretoria Executiva e o novo Presidente que vai comandar a legenda partidária nos próximos dois anos.

Samuel Vida é ex-petista.
Samuel Vida é ex-petista.

Advogado, professor do curso de Direito da Universidade Federal da Bahia e da UCSAL, Ogã do Terreiro do Cobre, membro da Organização Não-Governamental AGANJU, visto como uma das principais lideranças do movimento negro baiano e importante referência acadêmica nos debates sobre relaçoes étnico-raciais no Brasil. O nome dele é Samuel Vida, ex-petista, filiado ao Partido dos Trabalhadores desde 1983, resolveu entrar para o Partido Socialismo e Liberdade devido às decepções com a política adotada pelas gestões do PT.

“Percebemos um esgotamento de qualquer possibilidade do PT atual traçar um projeto de transformação social no país. Entendo que o Governo Federal está executando uma agenda neoliberal. Infelizmente, constatamos que a administração petista perdeu totalmente o comprometimento com as pautas progressistas que representam os diversos setores dos movimentos sociais”, destaca o advogado e militante do movimento negro, Samuel Vida.

De acordo com o professor universitário, a atuação dos parlamentares do PSOL tem demonstrado o compromisso do partido com um projeto de mudança estrutural da sociedade brasileira. “ O PSOL está vocalizando as demandas dos movimentos sociais e o objetivo de mudança real do país. Os parlamentares conseguem apontar um caminho em direção à promoção da igualdade, o respeito à diversidade e o desejo de aprofundarmos a democracia no Brasil”, enfatiza Samuel Vida.

O advogado, na condição de pesquisador das relações étnico-raciais, ressaltou que a transformação do Brasil só será possível através do combate ao racismo. “ Espero que o PSOL continue frisando a importância da luta anti-racista e reafirmando a inclusão e o protagonismo negro na política brasileira”, frisa.

Bernadete Souza Ferreira Santos
Bernadete Souza Ferreira Santos

Outra importante liderança que era filiada ao PT e que vai concretizar a filiação ao Psol na noite desta sexta-feira é considerada como uma das representantes na luta contra a intolerância religiosa na Bahia. Bernadete Souza Ferreira Santos, 47 anos, é Iyalorixá de um terreiro de candomblé, situado no município de Ilhéus, a 400 km da capital baiana, e moradora do assentamento rural Dom Helder Câmara, área federal administrada pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária(INCRA). Bernadete, em outubro de 2010, foi vítima de agressões físicas e psicológicas realizadas por oito policiais militares do sul do Estado.

Na ocasião, a Polícia Militar local entrou no assentamento de forma ilegal e truculenta em busca de um possível suspeito e, ao serem questionados por Bernadete sobre a autorização judicial através do mandado de segurança para ter acesso ao assentamento haja vista que se trata de uma área federal, os policias iniciaram um processo de tortura e intolerância à religião do candomblé. Bernadete foi algemada, torturada e, ao manifestar a entidade conhecida no candomblé como “Oxosse”, os policiais alegaram que a vítima estava possuída pelo “demônio” e falaram que iriam tirar o diabo do corpo jogando-a em um formigueiro.

Após esse triste episódio, diversas instituições do movimento negro baiano entraram com ações na justiça por crime de racismo e intolerância religiosa cometido pela Polícia Militar da Bahia. A repercussão nos meios de comunicação desse caso transformou Bernadete Souza em um dos símbolos de resistência ao preconceito sofrido pelos adeptos da religiosidade de matriz africana no Brasil.

 

Extraído do portal de comunicação Bahia no Ar / Grande Salvador – BA
http://bahianoar.com/psol-anuncia-filiacao-de-ex-petistas-baianos-a-sigla/

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *