Breaking News

Racismo e intolerância religiosa são temas de palestra promovida pela SSP

19/05/2016 14:07

 

Objetivo maior é o diálogo e a reflexão

Na manhã desta quarta-feira, 18, policiais militares e civis de diferentes unidades participaram do Encontro “Desmistificando o Sincretismo – A polícia dialogando com a comunidade”. O evento, pactuado em audiência pública promovida pelo Ministério Público em março deste ano, tem como objetivo promover uma pauta de discussões entre os órgãos que compõem a segurança pública, no que diz respeito ao racismo e à intolerância religiosa.

O babalorixá Janilson Teixeira, palestrante do evento, informa que o objetivo maior é o diálogo e a reflexão. “Temos que trabalhar as diferenças da sociedade, em um processo de parceria e transmitir aquilo que nos deixa vulnerável, enquanto minoria religiosa”, pontuou Janilson.

O encontro, de viés antropológico, faz parte de uma das etapas do plano de ação do Projeto “Racismo: Conhecer para Enfrentar”. Uma campanha nacional coordenada pelo Grupo de Trabalho Enfrentamento ao Racismo e Respeito à Diversidade Cultural, da Comissão de Defesa dos Direitos Fundamentais (CDDF) do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

A coordenadora do Núcleo de Analise de Pesquisas e Políticas Públicas, Cidadania e Prevenção, Abigail Souza, informa que o objetivo desse encontro, é quebrar paradigmas criados historicamente. “A SSP na perspectiva do seu trabalho de excelência, preza pelo respeito à pluralidade, pelo trabalho de prevenção e pela harmonia da sociedade”, enfatizou.

Aqui no Estado, está à frente o Ministério Público Estadual, por meio do Promotor de Justiça Dr. Luis Fausto Dias de Valois Santos.

No atendimento às reivindicações promovidas pela instituição, coube às Polícias Civil e Militar a participação no evento.

Para a Capitã da Polícia Militar Jussara, é um marco histórico tanto para o candomblé como para a instituição. “É de suma importância para os alunos aqui em formação, conhecer as religiões para poder respeitá-las”, concluiu.

por Ascom/PM-SE

 

Extraído do site Aqui Acontece / Dom Constantino Penedo – AL
http://aquiacontece.com.br/noticia/2016/05/19/racismo-e-intolerancia-religiosa-sao-temas-de-palestra-promovida-pela-ssp

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *