Breaking News

Região portuária será palco de evento pela igualdade racial

Texto: Sérgio d´Giyan | atualizado em 28/11/2014 13h50

A Prefeitura do Rio de Janeiro, através da CEPPIR (Coordenadoria de Promoção das Políticas de Igualdade Racial), em parceria com a CDURP (Companhia de Desenvolvimento Urbano da Região do Porto do Rio de Janeiro) e a comunidade da região portuária serão os protagonistas do evento “Domingo no Cais pela Igualdade Racial”, celebrando assim o mês da Consciência Negra.

O evento será realizado em frente ao Cais do Valongo, entrada de mais de 500 mil africanos, vindos da África, originários das nações do Congo e de Angola, durante o período negro da nossa história, o da escravidão. Hoje, o Cais é candidato a Patrimônio da Humanidade pela sua importância histórica na formação do país. É um lugar mágico que nos transporta ao tempo dos negros escravos e que foram submetidos a pior condição humana.

10358710_744707568956037_873826729798243268_nA programação inclui Caminhada pelo circuito histórico do Cais do Valongo, Lançamento do livro Guia Patrimonial da Pequena África, de Carlos Nobre, Feira de empreendedorismo com o coletivo Mulheres de Raça, Espaço gastronômico, Rodas de samba. Haverá também um espaço dedicado ao lazer das crianças, com brinquedos e contação de histórias. Veja a programação e curta suas apresentações:

PROGRAMAÇÃO:
14 Abertura – mestre de cerimônia – atriz Débora Almeida
14:30 Filhos de Gandhi
14:45 Capoeira do Moicano
15:00 Contação de história pelo grupo teatral Periferia Cena Portuária
15:15 Grupo Afro Lata
15:30 Bumba-meu-boi – Raízes do Gericinó
15:45 Coletivo Mulheres de Pedra
16:00 Hip Hop Maria Conga
16:30 Roda de Jongo
17:00 Dança Cigana – Mio Vacite
17:30 Allende
17:45 Roda de Samba – Velhos Malandros
18:00 Mulheres de Raça
18:15 Roda de Samba – Velhos Malandros
18:30 Desfile de Modas Afro
19:00 Samba de roda – Samba da Saúde
20h    Encerramento.

O evento acontece na Rua Barão de Tefé, no número 75, a partir das 14h. Venha participar dessa linda homenagem aos nossos ancestres e aqueles que dedicaram suas vidas a construção desse País.

Fonte: Facebook Página do evento
https://www.facebook.com/events/352680718226323/?notif_t=plan_user_invited

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *