Breaking News

Rei nigeriano participa de seminário em Salvador

Da Redação | Qua, 23/07/2014 às 10:54 | Atualizado em: 23/07/2014 às 10:54

 

RTEmagicC_Oba-Adeyemi-III.jpg

Uma comitiva nigeriana chega a Salvador neste sábado, 26, onde visita os terreiros matriarcais que deram origem ao candomblé nagô da Bahia. O grupo conta com a presença da Majestade Imperial, o Alaafin Oyo, Obá Ladeyemi III, considerado o descendente direto de Odudua, fundador e primeiro ancestral do povo iorubá.

Ele participa, de 28 a 31 de julho, do I Seminário Internacional para Preservação do Patrimônio Cultural Compartilhado Brasil-Nigéria, no Fórum Ruy Barbosa.

O objetivo do seminário é promover o legado cultural e histórico comum entre a Bahia e Oyo e discutir de estratégias de salvaguarda patrimonial, evidenciando a importância das tradições iorubanas de Oyo para as comunidades de matriz africana brasileiras.

A programação envolve mesas redondas e visitas ao Centro Histórico e aos cinco terreiros matriciais de tradição iorubá da Bahia, tombados como patrimônio nacional: o Ilé Asè Iyá Nassó Okà (Casa Branca), o Ilé Asé Opo Afonja, o Ilé Iyá Omi Asé Iyamasé (Terreiro do Gantois), o Ilé Maroialaji (Terreiro Alaketu) e o Ilé Osùmàré Arakà Asé Ogodo (Casa de Oxumarê).

Confira a programação completa

28 de julho (segunda-feira)
Fórum Ruy Barbosa (Campo da Pólvora)
14:30 a 15:50 | Solenidade de Abertura
16:00 a 16:40 | Palestra magna de Sua Majestade Imperial, o Alaafin de Oyo
16:40 a 17:00 | Apresentação Cultural de Inaycira Falcão
17:00 a 18:20 | Mesa-Redonda 1: Nos caminhos de Xangô: o patrimônio cultural compartilhado entre Oyo e a Bahia
1) A importância do Império de Oyo e a riqueza cultural preservada na cidade de Xangô
2) A centralidade do culto de Xangô nos terreiros de Candomblé Nagô da Bahia e suas ligações com império de Oyo
18:20 a 18:40 | Intervalo com Coffee-break
18:40 a 20:00 | Mesa-Redonda 2: Problemáticas e Instrumentos da Preservação e Salvaguarda do Patrimônio Compartilhado no Brasil e na Nigéria
1) Políticas públicas para a preservação e valorização do patrimônio cultural dos povos e comunidades de matriz africana no Brasil (tombamento, mapeamentos e planos de gestão integrada)
2) Proteção e gestão do patrimônio cultural da cidade de Oyo: possíveis mecanismos de proteção

29 de julho (terça-feira)
09:00 a 12:00 | Terreiro da Casa Branca do Engenho Velho
Visita da comitiva de Oyo ao Terreiro da Casa Branca do Engenho Velho encontro sobre ações preservacionistas, origens, ancestralidade e manutenção das tradições.
14:00 a 17:00 | Casa de Oxumarê
Visita da comitiva de Oyo à Casa de Oxumarê para encontro sobre ações preservacionistas, origens, ancestralidade e manutenção das tradições

30 de julho (quarta-feira)
09:00 a 12:00 | Ilê Àse Opo Afonjá
Visita da comitiva de Oyo ao Terreiro Ilé Àse Opo Àfonjá para encontro sobre ações preservacionistas, origens, ancestralidade e manutenção das tradições.
14:00 a 17:00 | Terreiro Alaketu
Visita da comitiva de Oyo ao Terreiro Alaketu para encontro sobre ações preservacionistas, origens, ancestralidade e manutenção das tradições

31 de julho (quinta-feira)
09:00 a 12:00 | Terreiro do Gantois
Visita da comitiva de Oyo ao Terreiro do Gantois encontro sobre ações preservacionistas, origens, ancestralidade e manutenção das tradições.
16:00 a 17:00 | Visita à Pedra de Xangô de Cajazeiras
Encontro da comitiva de Oyo com o Conselho das Comunidades Negras e Terreiros do bairro de Cajazeiras (Avenida Assis Valente)

 

Extraído do site A Tarde

http://atarde.uol.com.br/bahia/salvador/noticias/rei-nigeriano-participa-de-seminario-em-salvador-1608208