Breaking News

Restaurante celebra quinta edição do Afro Gourmet, na Praça da Bandeira

No dia 18 de Junho, o Dida Bar e Restaurante, na Praça da Bandeira, recebe a 5º edição do Afro Gourmet. O evento acontece todo 3º sábado do mês, com a Chef Dandara Batista​,​ no comandando ​d​a cozinha do Dida Bar.

A cada edição, uma novidade, para próxima, a Chef prepara uma receita africana que tem origem na gastronomia de São Tomé e Príncipe, o Suíno com Ananás – servido com um molho agridoce especial, com rodelas de abacaxi além de farofa d’agua, umedecida ao molho vinagrete, por R$ 32,00. As frutas são muito presentes na culinária são-tomense não apenas em sobremesas, mas também para acompanhar os pratos principais, dando origem a novas delícias.

Os queridinhos de todas as edições não podem ficar de fora, como o ​Arroz de Hauçá, tipicamente da Nigéria, cozido com leite de coco, acompanhado de molho de camarão e carne seca refogada, por R$ 35,00, e o Ejá com Efó de  Espinafre – Ejá significa peixe em Yorubá, e o peixe dessa edição será o dourado. Como acompanhamento teremos Efó, comida afro–brasileira, que consiste em uma pasta obtida do espinafre refogado com camarão seco, pimenta malagueta e azeite de dendê, por R$39,00. É ​para ficar água na boca!

 

Arroz de hauca - cred fabi cavalcante
Arroz de hauca cred fabi cavalcante

 

“Vai ser difícil comer apenas um prato!!” Afirma a restaurater ​Dida Nascimento.

 

 

Dida Bar e Restaurante 

Rua Barão de Iguatemi, 408 / Praça da Bandeira
Telefone: 21 2504-0841
Aberto de: 3ª à 5ª – das 12h às 23h / 6ª e Sáb – das 12h à 1h / Dom – das 12h às 18h
Formas de Pagamento: Cartões de débito: Visa e Mastercard
Cartão de Credito: Visa e Mastercard / Ticket Restaurante / Sodexo / Alelo
Capacidade: 40 lugares​​

 

Fonte: ASCOM

 

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *