Revolta dos Malês: uma luta contra a intolerância religiosa

Série 'História e Arte' lembra o episódio da Revolta dos Malês, em 1835 (Foto: TV Bahia)

Historiador afirma que episódio representou a capacidade de reação do povo negro

 

17/10/2016 21h02 – Atualizado em 17/10/2016 21h02

Série 'História e Arte' lembra o episódio da Revolta dos Malês, em 1835 (Foto: TV Bahia)
Série ‘História e Arte’ lembra o episódio da Revolta dos Malês, em 1835 (Foto: TV Bahia)

No Aprovado de sábado, 15, a série História e Arte lembrou o episódio da Revolta dos Malês, que aconteceu em Salvador em 1835. Os malês eram africanos alfabetizados, falantes da língua árabe e seguidores da religião islâmica, e vieram escravizados para o Brasil. Impedidos de professar a fé, organizaram uma luta contra o cristianismo católico na Bahia.

Os atores Lázaro Machado, Sulivã Bispo e Thiago Almasy interpretaram os malês e ajudaram o professor Ricardo Carvalho a narrar essa história. Ele destaca a importância da revolta. “Apesar de rapidamente sufocada, a Revolta dos Malês representou a capacidade de reação do povo negro”, afirma o professor. Vale a pena rever.

 

Extraído do blog Aprovado do portal GShow / Rio de Janeiro – RJ
http://gshow.globo.com/Rede-Bahia/Aprovado/noticia/2016/10/revolta-dos-males-uma-luta-contra-intolerancia-religiosa.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *