Breaking News

Saiba as datas das próximas festas religiosas em Salvador

Na quinta-feira (8), os fiéis vão prestar homenagens a Nossa Senhora da Conceição da Praia, padroeira da Bahia

Thais Borges (thais.borges@redebahia.com.br)

05/12/2016 10:36:00Atualizado em 05/12/2016 11:01:29

 

Neste domingo (4), a força das tempestades, dos raios e dos trovões de Santa Bárbara foram celebrados em Salvador. Este ano, o tema da festa de Santa Bárbara foi “Santa Bárbara, espelho de obediência e fidelidade, ajudai-nos a sermos perseverantes na fé em Cristo, nosso Redentor”. A festa é organizada pelos fiéis da Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Pretos.

Mas os fiéis da capital baiana já podem se preparar porque ainda esta semana é dia de homenagear a padroeira da Bahia, Nossa Senhora da Conceição da Praia. Esta será a primeira dos três últimos santos a serem homenageadas em 2016.

(Fotos: Betto Jr./CORREIO)
(Fotos: Betto Jr./CORREIO)

No dia 13 de dezembro, os soteropolitanos se preparam para fazer fila no Pilar, no bairro do Comércio, para molhar os olhos na água milagrosa de Santa Luzia. Por fim, no último dia do ano, os fiéis farão procissões em lembrança a Bom Jesus dos Navegantes.

Santa Bárbara e Iansã
A festa deste domingo começou com alvorada e missa campal, presidida pelo padre Muniz. Em seguida, a imagem de Santa Bárbara seguiu em procissão pelo Centro Histórico, recebendo o carinho e muitas pétalas de rosas vermelhas e brancas das pessoas que acompanhavam o cortejo.

Uma multidão logo se formou. Um dos pontos altos foi a passagem na frente da sede do afoxé Filhos de Gandhy, onde a procissão foi recebida com borrifadas de seiva de alfazema, além das pétalas – tudo isso acompanhado pelo som dos atabaques. Foi assim até chegar à sede do 1º Grupamento de Bombeiros Militar (Barroquinha). Lá, os devotos receberam o tradicional banho de mangueira.

Santa Bárbara e Iansã dividem a data devido ao sincretismo religioso: no Brasil colonial, quando o candomblé era proibido no país, os negros da África cultuavam os orixás sob a forma dos santos católicos.

Depois da cerimônia religiosa, o que não faltou foi gente seguindo para o tradicional caruru, oferecido no Quartel do Corpo de Bombeiros e no Mercado de Santa Bárbara, na Baixa dos Sapateiros. O acarajé, dedicado à Iansã, também não ficou de fora: durante o cortejo, baianas distribuíam o bolinho aos devotos durante a procissão.

Datas das festas

Conceição da Praia  Nessa quinta-feira, é dia de homenagear a padroeira da Bahia, no Comércio;

Santa Luzia  Em 13 de dezembro, tem fila no Pilar, no Comércio, para molhar os olhos na água milagrosa da santa;

Bom Jesus dos Navegantes  Dias 31 de dezembro e 1° de janeiro têm procissões marítimas entre os bairros do Comércio e Boa Viagem;

Folia de Reis  No dia 6 de janeiro, a tradição europeia vai agitar o eixo histórico. A concentração é no Largo da Lapinha, com barracas típicas;

Lavagem do Bonfim  12 de janeiro é dia de vestir branco e caminhar da Conceição da Praia à Colina Sagrada;

Iemanjá Em 2 de fevereiro, tem festa no mar para a Rainha das Águas no Rio Vermelho ;

Itapuã 5 de fevereiro, tem  água de cheiro na Igreja de Nossa Senhora de Itapuã.

 

 

Extraído do site do Jornal Correio 24hs / Salvador – BA
http://www.correio24horas.com.br/detalhe/salvador/noticia/saiba-as-datas-das-proximas-festas-religiosas-em-salvador/?cHash=6cc3885c0aeedde14bb71d33b47f83fe

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *