Breaking News

Saiba qual será a energia do Orixá Regente do ano novo

Ano novo terá a força feminina e será bem melhor que o atual, afirma pai Arivaldo

Lucy Barreto e Alexandre Lyrio (redacao@correio24horas.com.br)

31/12/2016 18:11:00

 

Depois de um 2016 difícil, os baianos depositam todas as esperanças em um 2017 sob a proteção do “orixá regente” – crença que vem dos ancestrais africanos e perdura até hoje. Assim como quem espera a proteção de um pai ou de uma mãe, todos querem saber com quem contar no ano que se inicia.

Na alvorada do primeiro dia do ano, mais precisamente às 6h, o jogo dos búzios é quem revela quem será o orixá que vai reger aquele ano e as características da sua personalidade vão prevalecer nos acontecimentos deste novo ciclo. É o que explica Pai Balbino, do terreiro de candomblé Ilê Axé Opô Aganjú. Segundo ele, foi o que aprendeu com seus antepassados. “O jogo dos búzios só pode ser feito neste dia e horário, respeitando uma tradição para saber o orixá regente”, afirma Balbino.

Pai Air José, comandante do Terreiro Pilão de Prata há 56 anos e zelador mais antigo de Salvador, afirma que é um erro ver a regência antes do primeiro dia do ano e explica que a tradição seguida pelo povo do axé pode ajudar a humanidade. “De acordo com o orixá regente, a gente sabe qual o Ebó (oferenda de limpeza) tem que ser feito para tentar amenizar as consequências de algumas situações, os problemas revelados pelo jogo dos búzios”, detalha o sacerdote.

De acordo com Pai Arivaldo de Oxaguiã, Oxum vai comandar o próximo ano (Ilustração: Axel)
De acordo com Pai Arivaldo de Oxaguiã, Oxum vai comandar o próximo ano. 
(Ilustração: Axel)

 

Outras lideranças do candomblé, no entanto, anteciparam ainda em dezembro quem será o comandante das energias para 2017. “Oxum vai comandar. Ela é mãe. Mãe é aquela que gera e não desiste do seu filho nas maiores adversidades. Oxum é o que nós precisávamos”, disse pai Arivaldo de Oxaguiã, zelador da Pedra de Omolu (São Lázaro), em Ondina. Orixá feminino das águas doces, dos rios e cachoeiras, Oxum é a deusa do amor, da prosperidade e da beleza.

Mas Oxum não comanda sozinha. 2017, diz pai Arivaldo, é o ano das iás. Iemanjá e Iansã também terão influências fortíssimas. Com a força feminina, o ano novo será bem melhor que o atual. “As iás vão chegar com força. O ano é delas. Elas que vão trazer a serenidade e a alegria que precisamos para superar tantos problemas”, completou pai Arivaldo.

Além da guarida de Iemanjá, a mãe dos orixás, haverá proteção também de pai, anuncia Pai Ducho de Ogum, do Terreiro Ilê Axé Awa Ngy (Engenho Velho da Federação). “Do ano 2+0+1+7 obtemos o número 10 que corresponde ao orixá Oxalá. Ele é o pai dos orixás, uma energia muito boa, positiva”, afirmou pai Ducho. “O primeiro dia de janeiro cai em um domingo, dia consagrado a Oxalá. Na virada do ano, estaremos na fase da Lua Nova, o que nos traz a força dos Ibejis (orixás crianças) para dentro do ano, promovendo renovação de energias e sentimentos de paz e amor”, acrescentou.

O pai de santo indica ainda que será um ano positivo para quem quer reforçar seus laços familiares e afetivos. “As cores indicadas, além do branco, são o azul claro de Iemanjá e o amarelo de Oxum que também terá forte influência em 2017. E não esquecer de, toda sexta-feira, fazer as oferendas aos orixás para atrair harmonia, amor e união”.

Mesmo sem antecipação da consulta aos búzios, pai Balbino afirma que a mensagem para o novo ano é de otimismo. “Que todos tenham paciência, confiança em si mesmo, acreditem do seu Eledá (anjo de guarda) e cumpram com suas obrigações e seus deveres”, ensina.

Já para quem acredita na energia que vem dos astros, o ano de 2016 representa o fim de um ciclo de 36 anos de regência do Sol. Segundo os astrólogos, em 2017 começa outro grande ciclo: será o primeiro ano da era regida por Saturno, fase que só termina no final de 2052. “Saturno é o planeta da grande ordem, da razão, da responsabilidade. Ele vai trazer a possibilidade da reestruturação. Será um ano em que as pessoas estarão com um ânimo maior para lutar pela ética. Quem fizer por onde, alcançará seus resultados. É um ano de realização concreta dos objetivos”, explica a astróloga Paula Pires.

Profissionais da Astrologia afirmam ainda que o novo ano será muito bom para quem está procurando ou pretende mudar de emprego, para a economia do país e para o fortalecimento das relações pessoais.

 

 

 

Extraído do site do Jornal Correio 24hs / Salvador – BA
http://www.correio24horas.com.br/detalhe/salvador/noticia/saiba-qual-sera-a-energia-do-orixa-regente-do-ano-novo/?cHash=92e263bbba5aec61a92be41de16ed5d3

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *