Breaking News

SALVADOR RECEBE SHOW CANTO PARA AS YABÁS

 

Graça Onasilê - Foto Divulgação 

O Café Teatro Rubi, no dia 29/01(Sexta-feira), às 20h30min, receberá o projeto “Canto para as Yabás” com a cantora baiana Graça Onasilê, um show intimista dedicado aos Orixás, Nkise e Voduns femininos do panteão do Candomblé. Trata-se de uma celebração em homenagem às mulheres e de transmissão de mensagens de paz, amor, respeito e saudação à liberdade religiosa, diversidade cultural e a convivência pacífica entre os povos, crenças e modos de vida.

Neste show, a artista Graça Onasilê, acompanhada dos músicos Cinho da Mata, Gabi Guedes e Ivan Bastos, apresenta um repertório singular com as canções Yayá Massemba;

Mamãe Oxum; Ginga de Balé; É d’Oxum; Oyá por nós; Ponto de Nanã; Canto de Areia; Deusa dos Orixás; Moça Bonita; Agradecer e abraçar; Dara; e Lenda das Sereias, entre outras.

O repertório conhecido pelo público geral e críticos especializados, interpretado por divas da música popular brasileira, como Maria Bethânia, Gal Costa, Daniela Mercury, Margareth Menezes e Mariene de Castro, ganha arranjos diferenciados e novas roupagens para ser entoado pela primeira vez por Graça. Com mais de 27 anos de carreira, dos quais 23 foram como cantora do Bloco Afro Ylê Aiyê, a única voz feminina da ala de canto do “mais belo dos belos” até então, Graça Onasilê tem um estilo singular de expressão da música negra baiana.

Nessa apresentação de 1h30min, o público terá a oportunidade de experimentar a voz sincopada de Graça Onasilê em uma bela homenagem à Nanã, Yemanjá, Oxum, Euá, Yansã, Obá, Oyá, Dandalunda, Mameto Zumba, Bamburussema.

 

SERVIÇO:
O que: Show Canto Para Yabás com Graça Onasilê

Quando: Sexta-feira (29.01.2016) às 20h30min

Quanto: 40,00 (couvert artístico)

Onde: Teatro Rubi – Hotel Shareton da Bahia

Informações: (71) 986325355 – l.embilina@gmail.com

Produção Executiva: Luciana Embilina

 

 

Fonte: ASCOM

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *