Breaking News

Salvador sedia Exposição Benssangana a partir do dia 11

Texto: Sérgio d´Giyan – 09.11.2016 03:24

Fonte: Release Curadoria

O Shopping Liberdade foi escolhido para exibir a exposição Bessangana – Senhoras de Benção e Poder do Candomblé da Bahia – As jóias do Recôncavo baiano. Benssangana é o poder das mãos daquela que abençoa seus filhos, que protege sua família, e que exerce o  poder conferido pelo Orixá. O coquetel de lançamento será realizado na próxima sexta (11), às 18hs, na praça de alimentação do shopping.

slide7

slide3O evento contará com o show de Carla Lis, vocalista da Banda Didá, e o acervo trará, por ocasião img-20161023-wa0155do Novembro Negro,  uma homenagem a cinco  iyalorixás do Bairro da Liberdade, entre elas, Mãe Hildelice filha carnal e sucessora da Saudosa Mãe Hilda Jitolu, matriarca do Ilê Aiyê, que comemorará este ano,  40 anos de sua iniciação no Candomblé, além da mais velha Mãe de Santo da Nação Angola, do Bairro da Liberdade, a Nengua de Inkice – Mãe Xagui de Oxaguiã, que também comemorará oitenta (80) anos de sua iniciação, tendo por ocasião do seu aniversário, um calendário festivo especial, que contará, inclusive , com um seminário a ser realizado em seu Terreiro de Candomblé situado na Rua Meirelles, Pero Vaz. O acervo traz fotografias inéditas, e contemplará o Universo feminino composto por Mulheres Negras empoderadas, cujas vidas são dedicadas ao SAGRADO e a preservação do LEGADO RELIGIOSO E CULTURAL DO POVO NEGRO DA BAHIA. 

slide4Patricia Pinheiro Crisóstomo, formada em Direito pela Universidade Católica de Salvador,  é a autora do projeto e curadora  desta exposição, concebida  a partir de uma  reunião de imagens realizadas em alguns terreiros do bairro da Liberdade, San Martin e entorno. É graduada em Direito pela UCSAL,  Delegada de  Carreira da Polícia Civil do Estado da Bahia, lotada no DHPP – Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa de Salvador.

É filha de Ogum e suspensa como Makota, há quinze anos, pela Nengua de Inkici – Lankiana de Ogun de Ronda, do Terreiro de Matriz Angola – Manso Ndandalunda Cocuazenza – Coqueiro Grande, na Estrada Velha do Aeroporto, em Salvador. Atualmente é conselheira jurídica do INTECAB-SP – Instituto Nacional da Tradição e Cultura Afro Brasileira e Membro do CMCN-Conselho Municipal de Comunidades Negras, órgão consultivo e deliberativo da SEMUR/PMS/SALVADOR no segmento religioso.

escolhida-8

escolhida-1

BENSSANGANA KWE VODUN ZÓ

Por ocasião  do tombamento  do Terreiro  Jeje Savalu do Brasil, localizado na Rua Direta do Curuzu, no número 222, no bairro da Liberdade, pela FGM – Fundação Gregório de Mattos, órgão da Prefeitura Municipal de Salvador,  realizada  em janeiro, uma nova Exposição, comemorativa, intitulada Bessangana Kwe Vodun Zó, contava com um acervo de 22 fotografias, que ilustravam e narravam  a história do processo de tombamento, ao mesmo tempo em que prestava uma justa homenagem aos membros do axé.

slide6

Bessangana” é uma palavra etimologicamente de origem Bantu e do dialeto Kibundo ou Kikongo, que significa: Senhora + Benção = Senhora de Benção,  utilizada para fazer referência,  com  distinção e elegância,  às mulheres de classe média/alta ou de destaque na sociedade Angolana.

A exposição busca, neste contexto, desvelar, dentro da religião do Candomblé,  o universo da relação da mulher com o sagrado, através do cotidiano de cinco sacerdotes que comandam suas casas, dentro do perímetro do bairro da Liberdade, considerado um dos maiores quilombos urbanos da cidade de Salvador, e que exercem este sacerdócio com firmeza, doçura, dignidade e firmeza, muitas delas, de forma anônima.

slide5

SERVIÇO:

Exposição Fotográfica, Cultural e Itinerante “Benssangana” – Senhora de Benção e Poder do Candomblé da Bahia – As jóias do Recôncavo Baiano

Período: de 11/11/2016 a 30/11/2016

Horário: A exposição ficará aberta das 09h às 17h, de segunda a sábado.

Local: Praça de Alimentação do Shopping Liberdade – 2º piso

Endereço: Estrada da Liberdade, 405 – Liberdade, Salvador – BA

Apoio: Shopping Liberdade e INTECAB-SP

slide1 slide2

 

 Fonte: release Curadoria

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Ilé Asé Omin Oiyn, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Hoje, é editor do Jornal Awùre. Diretor Financeiro da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. Colabora com a assessoria de comunicação do PPLE - Partido Popular da Liberdade de Expressão Afro-Brasileira. É sócio diretor na agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *