Breaking News

Santos celebra Iemanjá com festa neste domingo

Tradicional procissão marítima vai acontecer na Ponta da Praia

LUCAS OLIVAN – COLABORADOR

26/02/2016 – 08:15 – Atualizado em 26/02/2016 – 08:19

 

  Este ano, festejos ocorrem mais tarde por  causa do Carnaval 
Este ano, festejos ocorrem mais tarde por 
causa do Carnaval

A tradicional Festa de Iemanjá, que já foi comemorada nas outras cidades da Baixada Santista, será celebrada pelo 15º ano seguido.O domingo vai ser de comemoração para muitos fiéis e seguidores da Rainha do Mar em Santos.

 

Como nos outros anos, a procissão vai acontecer na Ponta da Praia. A diferença é que, nesse ano, o evento foi adiado por causa do Carnaval. A expectativa é que participem dos festejos até 8 mil pessoas das religiões africanas de Santos, São Paulo e outros estados.

 

A festa é coordenada pela Casa de Culto Afro-Brasileiro Ilê Asé Sobo Oba Àyra. O diretor da associação, Rogério Correia, espera contar com um bom público.

“Esse ano, como fizemos depois do Carnaval e as celebrações em outras cidades já foram realizadas, a gente espera que tenha mais gente que nas festas anteriores”.

Ele conta que o evento carrega a ideia de não prejudicar o meio ambiente. “A gente procura usar só produtos biodegradáveis, e passamos isso para quem for participar também. Não queremos agredir a natureza”.

Como será

A procissão terrestre começa às 15 horas, em frente ao Aquário Municipal, no Canal 6, e vai até a Ponte Edgar Perdigão, na Ponta da Praia. Lá, por volta das 17 horas, terá início a procissão marítima, que contará com mais de 20 embarcações e irá percorrer a baía até a altura da Fonte do Sapo (Aparecida), retornando depois ao local de partida.

 

 

Extraído do site do Jornal A Tribuna / Litoral de São Paulo – SP
http://www.atribuna.com.br/noticias/noticias-detalhe/cidades/santos-celebra-iemanja-com-festa-neste-domingo/?cHash=e670934fa47ad41f00445842c2726c2b

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *