Breaking News

Secretaria de Estado de Cultura lança edital pioneiro de fomento à Cultura Afro

Jornal do Brasil | 07/08 às 17h03

 

 

A Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro (SEC-RJ), através  da Coordenadoria de Diversidade Cultural, lança na segunda-feira, 10 de agosto, o Prêmio de Cultura Afro-Fluminense 2015, que premiará 32 iniciativas culturais diretamente relacionadas à temática afro-brasileira com o valor de R$ 21.000 cada. As inscrições podem ser feitas até o dia 25 de setembro.

O edital será lançado em clima de festa e celebração no Terreiro Mãe Meninazinha de Oxum Ilê Omulu Oxum, em São João de Meriti, das 11h às 15h, e contará com apresentações do grupo Filhas e Filhos de Gandhi e também do bloco Afro Ojuobá Axé.

O recurso total deste edital é de R$ 777.800 e foi disponibilizado por meio do convênio firmado entre a União, representado pela Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), e o Governo do Rio de Janeiro, representado pela SEC. O deputado Federal Jean Wyllys (PSOL) estará presente no evento. O deputado foi responsável pela aprovação de R$ 700.000 do valor integral do edital por meio da emenda que possibilitou o convênio com o Governo Federal.

O edital irá premiar inciativas culturais de instituições privadas sem fins lucrativos, sediadas no Estado do Rio de Janeiro, atuantes no campo da cultura fluminense há pelo menos três anos. Estas instituições devem ter produzido atividades culturais tais como mostras, feiras, celebrações, festivais, exposições, saraus, desfiles, cortejos, práticas de cultivo de ervas e plantas medicinais, artes cênicas, rodas, memória e oralidade, oficinas, entre outras atividades.

Esta primeira edição do Prêmio contribuirá para a preservação da memória e do patrimônio imaterial dos povos e comunidades tradicionais de matriz africana, como quilombos e terreiros, e também de grupos artístico-culturais que mantém as tradições dos afoxés, da capoeira, dos calangos, das folias de reis, do jongo etc. Como critérios de seleção serão analisados o histórico do proponente, a tradição da instituição no território e a contribuição para manutenção e renovação das manifestações culturais com as quais se relaciona, além do impacto sociocultural das ações do projeto no contexto local.

 

Extraído do site do Jornal do Brasil / Rio de Janeiro – RJ
http://www.jb.com.br/cultura/noticias/2015/08/07/secretaria-de-estado-de-cultura-lanca-edital-pioneiro-de-fomento-a-cultura-afro/

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *