Breaking News

Sepultada em São Paulo a Iyalorixá Sandra Epega

unnamedSandra Soleye Medeiros Epega ou Mãe Sandra Epega OláÌyá Sàngówánwá, nascida em 1947 na Vila Mariana, em São Paulo, faleceu no último dia 06 de dezembro. Sandra era  iyálorixá do Ilé Leuiwyato, Templo de Tradição de Orixá, dedicado a Orixá Xangô, localizado em Guararema, ao redor da cidade de São Paulo.

Filha adotiva do falecido Bàbáláwo Olarimiwa Epega, Sandra deu início ao clã Erin Epega no Brasil. Foi uma grande Iyálorixá e uma das primeiras mulheres a conhecer os segredos de Ifá no Brasil. Ministrou palestras por todo o Brasil. Nos últimos anos de sua vida sofria com o diabetes e suas complicações. A notícia de seu falecimento foi recebida com muita tristeza pela comunidade afro-brasileira.

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *