Breaking News

Sindicância apura caso de estudante constrangido por ser candomblecista

01:21 GeralNotícias 03/09/2014 – 17h29 Rio de Janeiro

Tâmara Freire

 

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, pediu desculpas ao menino de 12 anos que foi impedido de assistir aulas em uma escola municipal por usar uma bermuda branca e guias de candomblé.

A conduta da diretora que teria impedido o menino de entrar na escola Francisco Campos, em Grajaú, está sendo avaliada em uma sindicância e o resultado deve sair em 30 dias.

 

 

http://radioagencianacional.ebc.com.br/geral/audio/2014-09/sindicancia-apura-caso-de-estudante-constrangido-por-usar-guias-de-candomble

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *