Breaking News

SOL NASCENTE: Após problema na coluna, veterana de 83 anos grava novela com dores

 

FOTOS: PAULO BELOTE/TV GLOBO
A veterana Léa Garcia, que reforçou o elenco de Sol Nascente como a mãe de santo Luzia

LUCIANO GUARALDO – Publicado em 18/01/2017, às 05h17

A atriz Léa Garcia, de 83 anos, surgiu em Sol Nascente no capítulo do último sábado (14) como Luzia, que ajuda a cuidar de Mario (Bruno Gagliasso) depois que sua neta, Neide (Luana Xavier), encontrou o protagonista desmaiado na praia. Quem vê a eterna vilã da primeira Escrava Isaura em ação, porém, não imagina que ela tem gravado suas cenas com dores na coluna.

“Tive uns problemas na cervical enquanto gravava minhas últimas cenas de Mister Brau [em dezembro]. Estou em tratamento, no dia 27 faço uma ressonância e aí poderei iniciar os cuidados mais adequados”, conta a atriz, que aparecerá na terceira temporada da série, prevista para abril, como a mãe de Brau (Lázaro Ramos).

O primeiro dia de gravação de Sol Nascente, Léa lembra, não foi fácil. “Tirei o colar cervical para gravar e senti muitas dores. Também perdi um pouco o equilíbrio. Mas os diretores e a equipe da novela são muito cuidadosos comigo, estão me resguardando, fico sentadinha sempre que dá”, conta, bem-humorada.

Apesar das dificuldades, Léa Garcia não esconde a alegria de estar de volta às novelas _no ano passado, ela fez uma aparição rápida no primeiro capítulo de Eta Mundo Bom!, como a parteira que ajudou Anastácia (Nathalia Dill) a dar à luz Candinho. Antes, sua última novela tinha sido Luz do Sol, exibida na Record em 2007.

“Fiquei muito feliz com o convite e está sendo ótimo reencontrar tantas pessoas queridas, como Laura Cardoso, Nívea Maria, Giovanna Antonelli e Claudia Ohana… E tem todo o elenco negro que eu considero minha família”, valoriza Léa.

Léa Garcia com Luana Xavier, sua parente na novela e neta da amiga Chica Xavier: em família

A parceria com Luana Xavier, sua neta na novela, se repete fora da telinha: “Ela é neta da [atriz] Chica Xavier, que eu considero minha irmã. Acompanhei a gravidez da Cristina, mãe dela, de perto. Então, é como se ela fosse minha neta mesmo”.

Misticismo religioso
Na trama, Luzia é uma mãe de santo que viajará a Arraial do Sol Nascente, onde se passa a trama, para participar do casamento com influência africana de Quirino (Val Perré) com Chica (Tatiana Tiburcio). Fora da gravação, Léa Garcia não segue uma religião específica. “Costumo dizer que sou cósmica, aberta a todas as crenças, mas com uma tendência maior pelo estudo oriental”, conta ela.

E, com a experiência de quem está há quase 50 anos na TV (sua estreia foi em Acorrentados, de 1969), Léa valoriza o fato de Sol Nascente ter um núcleo negro com importância dentro da história.

“Acho fundamental que a gente saia do estereótipo de escravo e empregada, que os negros não fiquem restritos aos mesmos papéis de sempre”, critica ela, até hoje lembrada como a vilã Rosa, de Escrava Isaura (1976). “Ela foi uma personagem maravilhosa, é o meu cartão de visitas”, brinca.

 

Extraído do blog Notícias da TV do portal UOL / São Paulo – SP
http://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/novelas/apos-problema-na-coluna-veterana-de-83-anos-grava-novela-com-dores–13869

About The Author

Sérgio Carvalho se iniciou na Umbanda, pelo Babalorixá Arnaldo de Omulu (in memorian), na T.E.Nanã Buruquê, realizando sua camarinha em dezembro de 1995. Em 2001, se iniciou no Candomblé pelas mãos do Babalorixá Jô d´Osogiyan, no Asé Omin Oiyn Ilè, sendo neto de Iyá Nitinha d´Osun (in memorian), do Asé Engenho Velho - Miguel Couto - RJ. Militante em prol da defesa da religião afro-brasileira, ingressou nas fileiras do extinto IPELCY (Instituto de Pesquisas e Estudo da Língua e Cultura Yorubá), dirigido por Jairo d´Osogiyan. Exerce o cargo de Diretor de Cultura e Comunicação da ANMA - Associação Nacional de Mídia Afro. É proprietário da agência Marfim Assessoria & Eventos. Faz parte da equipe de duas das maiores premiações do jornalismo brasileiro, o Embratel e o Petrobras. É editor responsável pelo jornal web Awùre – http://www.awure.jor.br – veículo que aglutina os momentos mais importantes da cultura e religiosidade afro-brasileira.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *